Utah Jazz vence com autoridade o Chicago Bulls fora de casa em noite de Rudy Gobert

Rudy Gobert fez um inferno na vida do Chicago Bulls na NBA. O pivô francês foi o grande nome do Utah Jazz na vitória sobre os Bulls por 120 a 95. Foram 21 pontos, 10 rebotes e nove tocos (o recorde da carreira) para o camisa 27.

Rudy Gobert; NBA; Jazz — Foto: Jonathan Daniel/Getty Images

Rudy Gobert; NBA; Jazz — Foto: Jonathan Daniel/Getty Images

Com o triunfo, o Utah Jazz segue no topo da Conferência Oeste, seguido de perto pelo Phoenix Suns. Já o Chicago Bulls é o 10º colocado no Leste e briga por vaga no play-in.

O líder do Oeste terá uma breve folga antes de pegar uma carne de pescoço. Na próxima quarta-feira, às 23h, Jazz e Nets duelam em um jogo que promete ser espetacular! No mesmo dia, às 21h, o Chicago Bulls encara o Cleveland Cavaliers, em casa.

Chuva de bolas de três

 

Chicago começou dificultando o jogo ofensivo do Jazz, especialmente dentro do garrafão, e abrindo uma pequena vantagem no placar. Utah chegou a ter aproveitamento de chutes de menos de 30%.

Nesse momento, o que o líder do Oeste faz de melhor no ataque começou a aparecer: os chutes de três pontos. Especialmente com Joe Ingles, que estava quente demais no primeiro tempo. Em menos de 2 minutos no segundo quarto, o camisa 2 já estava com cinco acertos em seis tentativas no perímetro.

O retorno de Mike Conley foi importante para o Jazz — Foto: Jeff Haynes/NBAE via Getty Images

O retorno de Mike Conley foi importante para o Jazz — Foto: Jeff Haynes/NBAE via Getty Images

Mas quem brilhou mesmo foi Donovan Mitchell. Seja chutando de fora ou batendo pra dentro, o camisa 45 castigou a defesa dos Bulls e foi para o vestiário com 21 pontos anotados, cinco rebotes e duas assistências.

Domínio absoluto

 

O intervalo não mudou as coisas, o Utah Jazz voltou dominante e ampliou a vantagem que já era confortável antes da pausa. Mike Conley, que fez um primeiro tempo razoável, cresceu bastante na terceira etapa, enquanto Mitchell seguiu dando seu show.

Donovan Mitchell; NBA; Jazz — Foto: Jonathan Daniel/Getty Images

Donovan Mitchell; NBA; Jazz — Foto: Jonathan Daniel/Getty Images

O segundo tempo também consolidou a atuação fenomenal de Rudy Gobert. Tanto no ataque, quanto na defesa, o pivô francês dominou dentro do garrafão, batendo o recorde da carreira de tocos: foram nove no total.

Dominante no ataque e na defesa, o Jazz venceu com tranquilidade por 120 a 95, e Gobert ficou a um toco de fazer um triplo-duplo de tocos, pontos e rebotes.

Com dupla inspirada, Kings batem os Cavs

 

O Sacramento Kings segue sonhando com uma recuperação para temporada para tentar uma vaga de play-in. Depois de perder para os 76ers, a equipe reagiu contra o Cleveland Cavaliers: 119 a 105. Calouro sensação do time, Tyrese Haliburton novamente brilhou junto com De’Aaron Fox.

Tyrese Haliburton é candidato da calouro do ano — Foto: David Liam Kyle/NBAE via Getty Images

Tyrese Haliburton é candidato da calouro do ano — Foto: David Liam Kyle/NBAE via Getty Images

Kings: 13º no Oeste.
Cavaliers: 12º no Leste.

Thunder vence os Timberwolves e cola nos Grizzlies

 

O Oklahoma City Thunder pegou o pior time da Conferência Oeste e fez o que tinha que fazer, venceu por 112 a 103. Destaque para Shai Gilgeous-Alexander, com 33 pontos. Nesta terça, Oklahoma terá duelo direto com o Memphis Grizzlies de olho em uma vaga no play-in.

Shai Gilgeous-Alexander foi o cestinha do Thunder — Foto: David Sherman/NBAE via Getty Images

Shai Gilgeous-Alexander foi o cestinha do Thunder — Foto: David Sherman/NBAE via Getty Images

Thunder: 11º no Oeste.
Timberwolves: 15º no Oeste.

Sem LaMelo, Hornets vencem os Spurs fora de casa

 

Sem o novato sensação LaMelo Ball, que sofreu uma fratura na mão e pode perder o restante da temporada, o Charlotte Hornets foi até San Antonio e bateu os Spurs por 100 a 97. A dupla Hayward e Rozier foi quem chamou a responsabilidade, somando 51 pontos.

Gordon Hayward foi um dos nomes dos Hornets — Foto: Logan Riely/NBAE via Getty Images

Gordon Hayward foi um dos nomes dos Hornets — Foto: Logan Riely/NBAE via Getty Images

Hornets: 6º no Leste
Spurs: 7º no Oeste

Rockets surpreendem Raptors e quebram sequência de 20 derrotas

 

Enfim, o Houston Rockets voltou a vencer. Depois de perder 20 jogos consecutivos, o time texano bateu o Toronto Raptors por 117 a 99 em noite de John Wall, que anotou triplo-duplo: 19 pontos, 11 rebotes e 10 assistências.

John Wall comanda vitória dos Rockets — Foto: Bob Levey/Getty Images

John Wall comanda vitória dos Rockets — Foto: Bob Levey/Getty Images

Rockets: 14º no Oeste.
Raptors: 11º no Leste.

Valanciunas faz duplo-duplo, e Grizzlies batem Celtics

 

Com 19 rebotes e 16 pontos do pivô Jonas Valanciunas, o Memphis Grizzlies recebeu o Boston Celtics em venceu por 132 a 126. Atual 10º colocado, a equipe de Memphis segue em briga acirrada pela última vaga de play-in na temporada regular.

Valanciunas dominou o garrafão contra os Celtics — Foto: Joe Murphy/NBAE via Getty Images

Valanciunas dominou o garrafão contra os Celtics — Foto: Joe Murphy/NBAE via Getty Images

Grizzlies: 10º no Oeste.
Celtics: 7º no Leste.

Sem Antetokounmpo, Holiday comanda vitória dos Bucks

 

Jrue Holiday chamou a responsabilidade e, na ausência de Giannis Antetokounmpo, comandou o triunfo do Milwaukee Bucks sobre o Indiana Pacers por 140 a 113. O armador terminou a partida com um duplo-duplo de 28 pontos e 14 assistências.

Holiday em ação contra os Pacers — Foto: Dylan Buell/Getty Images

Holiday em ação contra os Pacers — Foto: Dylan Buell/Getty Images

Bucks: 3º no Leste.
Pacers: 9º no Leste.