Palmeiras vence Defensa y Justicia

  • Vantagem do Verdão!

    O Palmeiras começou bem a disputa pelo primeiro título de 2021. Na noite desta quarta-feira, na Argentina, o Verdão venceu o Defensa y Justicia por 2 a 1, com gols de Rony e Gustavo Scarpa, e abriu vantagem na briga pela Recopa Sul-Americana, torneio entre os campeões da Libertadores e da Copa Sul-Americana do ano passado. Muito embora o time argentino tenha dominado o jogo em alguns momentos, a equipe brasileira foi mais eficaz nas chances que teve. O Defensa ainda chegou a fazer o gol de empate no fim do jogo, mas o árbitro marcou polêmico impedimento. Houve muita reclamação dos argentinos.

  • E agora?

    Na partida de volta, na próxima quarta-feira, às 21h30, no estádio Mané Garrinha, em Brasília, o Palmeiras joga pelo empate para ser campeão. O Defensa y Justicia precisa vencer por dois gols de diferença. Se vencer por um gol, a partida vai para prorrogação e pênaltis se persistir o resultado.

  • Primeiro tempo

    O Defensa y Justicia tomou a iniciativa no começo da partida e partiu para cima do Palmeiras. O time argentino só não abriu o placar aos três minutos, em chute de Braian Romero, porque Weverton fez importante defesa. Os donos da casa continuaram no ataque depois desse lance, mas sem conseguir levar perigo. Aos 12, a primeira oportunidade do Verdão, em chute de Viña, de longe, que foi para fora. Três minutos depois, porém, na melhor chance da partida até então, o Palmeiras marcou. Willian deu passe para Rony, que ganhou a disputa com o marcador e tocou na saída do goleiro Unsain. O Defensa não se abalou e se arriscou em busca do empate. Mas parou em Weverton. Por uma falha do time argentino, aos 39 minutos, o Palmeiras ainda teve grande chance de ampliar. Mas o chute de Willian saiu fraco.

    Rony celebra gol do Palmeiras diante do Defensa y Justicia, pela Recopa Sul-Americana

    Rony celebra gol do Palmeiras diante do Defensa y Justicia, pela Recopa Sul-Americana (Foto: EFE/EPA/MARCELO ENDELLI / POOL)

  • Segundo tempo

    A etapa final começou com chance para o Palmeiras logo no primeiro minuto. Willian armou o contra-ataque e tocou para Breno Lopes bater cruzado, levando muito perigo ao gol de Unsain. A resposta do Defensa y Justicia foi em chute de Enzo Fernandez que por muito pouco não foi desviado pelos jogadores que fechavam na pequena área. O time argentino, porém, insistiu e chegou ao empate aos 12 minutos. Bou deu bom passe para Braian Romero bater colocado, sem chance para Weverton. Preocupado com a queda de produção do Palmeiras, Abel Ferreira fez uma série de alterações. Com o jogo mais acelerado, o Verdão pressionou. E quase ficou em vantagem novamente em falta cobrada por Scarpa. Unsain defendeu. Na segunda chance de bola parada, aos 28, Scarpa não deu chance para o goleiro do time argentino e colocou o Palmeiras em vantagem novamente. Os donos da casa, no entanto, não desistiram e insistiram no ataque. Quase sempre com Braian Romero. Mas foi de Bou o gol marcado pelo Defensa y Justicia, na reta final do jogo, e que foi anulado pela arbitragem por impedimento. Depois disso, o Verdão segurou a vitória.

    Gustavo Scarpa comemora gol da vitória do Palmeiras sobre o Defensa y Justicia, pela Recopa

    Gustavo Scarpa comemora gol da vitória do Palmeiras sobre o Defensa y Justicia, pela Recopa (Foto: REUTERS/Marcelo Endelli)

  • Atuações do Palmeiras

    Veja aqui as notas dos jogadores.

    Defensa Y Justicia x Palmeiras Recopa

    Defensa Y Justicia x Palmeiras Recopa (Foto: Reuters)

  • Próximo jogo

    O Palmeiras volta a campo neste domingo, às 11h, para a decisão da Supercopa do Brasil, contra o Flamengo, no estádio Mané Garrinha, em Brasília. O jogo marca o encontre entre os campeões da Copa do Brasil e do Campeonato Brasileiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui