Homem é morto pela polícia após esfaqueamentos no sul de Londres; Estado Islâmico reivindica ataque

© Foto: Toby Melville/Reuters

O grupo terrorista Estado Islâmico assumiu o atentado ocorrido neste domingo (2), em Streatham, no sul de Londres. A reivindicação foi feita através de um órgão de propaganda do grupo.

As autoridades britânicas identificaram o autor do atentado como Sudesh Amman, de 20 anos, um jovem que já tinha sido detido por disseminar conteúdos terroristas.

Amman fora condenado em novembro de 2018 e tinha sido libertado há cerca de uma semana, depois de cumprir metade de sua sentença de três anos e quatro meses. Ele estava sob vigilância da polícia.

O jovem esfaqueou pedestres em Streatham High Road por volta das 14h locais e deixou três pessoas feridas. Ele foi morto por agentes policiais no momento do atentado.