Robert Whittaker vence Kelvin Gastelum

Com uma verdadeira aula de MMA por cinco rounds, o australiano Robert Whittaker mostrou que é um real desafiante ao cinturão do peso-médio do UFC. Com muita técnica tanto na luta em pé quanto no chão, o ex-campeão dominou o americano Kelvin Gastelum na luta principal do evento realizado neste sábado em Las Vegas e venceu por decisão unânime dos juízes (triplo 50-45).

– Me sinto no topo do mundo. A chave da minha vitória foi a velocidade. Também treinei muito o wrestling para esta luta com meu companheiro Jacob Malkoun, e nós dois saímos vencedores hoje. Agora quero enfrentar Israel Adesanya em setembro, quando as lutas voltarem à Austrália. Acho que conseguiremos encher a arena – disse Whittaker após a luta.

A luta começou com os dois lutadores buscando os chutes baixos e Whittaker mostrando que marcou o movimento de chute de Gastelum ao atacar com overhands o americano a cada chute. Com a guarda baixa, Whittaker acertou um chute alto em cheio na cabeça do americano, abalando-o. Aproveitando que Gastelum ainda estava sob efeito do golpe, o australiano conseguiu a derrubada, ficando por cima no chão. O americano conseguiu levantar-se nos últimos segundos, mas não teve tempo de atacar.

Robert Whittaker acerta um chute alto em Kelvin Gastelum no primeiro round — Foto: Getty Images

Robert Whittaker acerta um chute alto em Kelvin Gastelum no primeiro round — Foto: Getty Images

Mostrando muita tranquilidade no combate, Whittaker continuou dominando a luta no segundo round. Mostrando superioridade tanto na trocação quanto na luta agarrada, o australiano conduzia o combate mostrando maior volume de golpes e usando sua maior envergadura para evitar as aproximações de Gastelum. Dominando a distância tanto para se esquivar quanto para aplicar jabs contundentes, o ex-campeão não dava chances ao americano.

Robert Whittaker dominou a distância contra Kelvin Gastelum — Foto: Getty Images

Robert Whittaker dominou a distância contra Kelvin Gastelum — Foto: Getty Images

Kelvin Gastelum tentou ser mais agressivo no terceiro round, mas a movimentação de Robert Whittaker atrapalhava os planos do americano. Com a distância controlada, o ex-campeão atacava na hora certa, e evitava os diretos de Gastelum, que se afobava para golpear e facilitava o trabalho do ex-campeão. Com muita precisão e variação de golpes, Whittaker pontuava com tranquilidade.

Robert Whittaker golpeia Kelvin Gastelum no quinto round — Foto: Getty Images

Robert Whittaker golpeia Kelvin Gastelum no quinto round — Foto: Getty Images

Após ficar em desvantagem também no quarto round, Kelvin Gastelum foi para o quinto round disposto a partir para o tudo ou nada. Mostrando mais agressividade, o americano tentou encurralar Robert Whittaker, mas o australiano manteve a sua ótima movimentação e o controle da distância para evitar os ataques do rival e conectar golpes precisos que minavam a tentativa de reação de Gastelum. A dois minutos do fim da luta, o ex-campeão conseguiu uma derrubada que sepultou as chances do americano na luta.

Arlovski vence Chase Sherman e entra no “clube dos 20”

Na penúltima luta da noite, o veterano Andrei Arlovski, ex-campeão dos pesos-pesados e com 53 lutas no currículo, chegou às 20 vitórias no UFC ao bater o americano Chase Sherman por decisão unânime dos juízes (triplo 29-28).

Andrei Arlovski venceu Chase Sherman no UFC Whittaker x Gastelum — Foto: Getty Images

Andrei Arlovski venceu Chase Sherman no UFC Whittaker x Gastelum — Foto: Getty Images

Os dois lutadores começaram a luta buscando a trocação na curta distância. Arlovski variava os golpes, alternando socos e chutes baixos, enquanto Sherman apostava exclusivamente no boxe. O americano teve um bom momento na metade do round, quando encurralou o bielorrusso na grade e acertou bons diretos, que surpreendentemente foram absorvidos por Arlovski.

Andrei Arlovski controlou Chase Sherman no UFC Whittaker x Gastelum — Foto: Getty Images

Andrei Arlovski controlou Chase Sherman no UFC Whittaker x Gastelum — Foto: Getty Images

Após um segundo round equilibrado, no qual Arlovski incomodou Sherman com os chutes baixos, os dois lutadores voltaram para o round final no mesmo ritmo, com Arlovski novamente usando os chutes para minar a movimentação de Sherman. O americano não conseguia acompanhar a movimentação do veterano, e nos últimos segundos chegou a provocar o bielorusso, chamando-o para trocar golpes no centro do octógono, não sendo atendido pelo ex-campeão, que administrou a vantagem até o fim.

Jacob Malkoun usa o wrestling para vencer Abdul Razak Alhassan

Em sua estreia no peso-médio, vindo de duas derrotas seguidas no peso-meio-médio, o ganês Abdul Razak Alhassan não conseguiu resistir ao wrestling de alto nível do australiano Jacob Malkoun, que em sua quinta luta como profissional, conseguiu uma vitória significativa por decisão unânime dos juízes (triplo 30-27).

Jacob Malkoun venceu Abdul Razak Alhassan no UFC Whittaker x Gastelum — Foto: Getty Images

Jacob Malkoun venceu Abdul Razak Alhassan no UFC Whittaker x Gastelum — Foto: Getty Images

O australiano iniciou a luta catando imediatamente as pernas de Alhassan, levando-o para o chão, mas não conseguiu manter o domínio sobre o ganês, que levantou-se e passou a buscar a trocação. Malkoun não desistiu e voltou a encurtar a distância, travando o rival na grade. O australiano dominava Alhassan com o seu wrestling, não dando qualquer espaço ao ganês. Alhassan só conseguiu espaço para lutar no minuto final do round, e tentou seguidamente os chutes altos, sem sucesso.

Jacob Malkoun repetiu a estratégia no segundo round, derrubando rapidamente Abdul Razak Alhassan. O ganês não conseguia fazer frente ao wrestling do rival, que controlava a luta completamente. Com domínio total do combate, o australiano atacava o pescoço do ganês seguidamente, mas não conseguia concluir as guilhotinas que construía. Alhassan conseguiu se livrar da pressão novamente no minuto final do round, mas, aparentando muito cansaço, não conseguiu atacar Malkoun.

Jacob Malkoun usou o wrestling para dominar Abdul Razak Alhassan no UFC Whittaker x Gastelum — Foto: Getty Images

Jacob Malkoun usou o wrestling para dominar Abdul Razak Alhassan no UFC Whittaker x Gastelum — Foto: Getty Images

Percebendo o desgaste do ganês, o australiano manteve o seu plano de luta e o derrubou mais uma vez no início do terceiro round. Alhassan não conseguia evitar as aproximações de Malkoun, e era uma presa fácil para o australiano, que o derrubava seguidamente. O cansaço do ganês era evidente, e foi dominado tranquilamente pelo adversário até o fim da luta.

Confira todos os resultados do evento:

CARD PRINCIPAL
Robert Whittaker venceu Kelvin Gastelum por decisão unânime (triplo 50-45)
Andrei Arlovski venceu Chase Sherman por decisão unânime (triplo 29-28)
Jacob Malkoun venceu Abdul Razak Alhassan por decisão unânime (triplo 30-27)
Tracy Cortez venceu Justine Kish por decisão dividida (29-28, 28-29 e 30-27)
Luis Peña venceu Alexander Muñoz por decisão dividida (29-28, 28-29 e 29-28)
CARD PRELIMINAR
Alexandr Romanov venceu Juan Espino por decisão técnica dividida (29-28, 28-29 e 29-28)
Jessica Penne venceu Lupita Godinez por decisão dividida (29-28, 28-29 e 29-28)
Gerald Meerschaert venceu Bartosz Fabinski por finalização aos 2m do R1
Austin Hubbard venceu Dakota Bush por decisão unânime (triplo 29-28)
Tony Gravely venceu Anthony Birchak por nocaute técnico a 1m31s do R2