Outubro Rosa: Rose destaca atuação do Hospital Regional no combate ao câncer

A vice-governadora Rose Modesto esteve na manhã desta terça-feira (24.10) no Hospital Regional de Mato Grosso do Sul e destacou a atuação da unidade no combate ao câncer.

Dentro da campanha “Outubro Rosa”, foi inaugurada no início do mês a nova sala de Mamografia. O aparelho utilizado possui alta tecnologia e se adapta para realização do exame em mulheres com necessidades especiais.

“A atmosfera desse lugar é acolhedora. A mulher fica muito menos apreensiva de realizar seu exame em um local como esse, com um equipamento de ponta, e que está adaptado para atender todas as pacientes sem distinção”, comentou.

O atendimento no setor de imagem funciona de segunda a sábado. Aos domingos e feriados, os exames são realizados somente em pacientes internados. O agendamento pode ser realizado em unidades de saúde de todo o Estado, por meio do sistema Sistema Nacional de Regulação (Sisreg).

O equipamento é capaz de revelar a existência de sinais precoces do câncer de mama, antes mesmo que as lesões sejam palpáveis. O exame também pode ajudar a verificar a necessidade de tratamentos intensivos para os tumores e na conservação da mama, caso seja necessária uma cirurgia.

Segundo dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca),o câncer de mama é o segundo mais recorrente e o que mais causa a morte de mulheres no país.

A detecção precoce é a chave para o tratamento bem-sucedido e a mamografia é a melhor forma de descobrir o câncer de mama antes que seja detectável pelo exame clínico.

Canguru

Além de visitar o setor de imagem, que também está com aparelhagem nova para realização de exames de ressonância magnética, Rose destacou o bom trabalho realizado pela equipe de Endoscopia.

Essa ala do hospital está com equipamento de ponta, pré-requisito para a realização de residência em Gastroenterologia Clínica, já em funcionamento.

A vice-governadora também conversou com mães que participam do projeto “Método Canguru”, que possui 35 leitos para recém-nascidos prematuros e faz o acompanhamento da mãe com gravidez de risco até as consultas do bebê após a alta médica.

O diretor do Hospital Regional, Justiniano Vavas, e a subsecretária de Políticas Públicas para as Mulheres, Luciana Azambuja, acompanharam a vice-governadora durante sua visita à unidade.