GP da França: Verstappen passa Hamilton na penúltima volta e vence

Depois de perder a liderança por um erro na largada, Max Verstappen conseguiu se recuperar para vencer o GP da França e garantir seu terceiro triunfo no campeonato 2021 da Fórmula 1. Parando duas vezes, o holandês da RBR ultrapassou Lewis Hamilton a duas voltas para o fim da prova, sem chance de defesa para o heptacampeão. Sergio Pérez, companheiro de Verstappen, deixou Valtteri Bottas para trás no antepenúltimo giro para garantir a terceira colocação, completando o pódio.

Max Verstappen, da RBR, vence GP da França  — Foto:  Mark Thompson/Getty Images

Max Verstappen, da RBR, vence GP da França — Foto: Mark Thompson/Getty Images

Largando da pole position, Verstappen errou na curva 2 e saiu da pista. Em segundo, Hamilton deu o bote, assumindo a liderança e abrindo uma vantagem confortável sobre o rival até a primeira rodada de pit stops. Na troca dos pneus médios pelos duros, o britânico não conseguiu voltar para a pista na frente do piloto da RBR e viu o holandês virar o jogo – tomando a segunda colocação e voltando para a ponta quando Pérez parou.

Uma segunda parada da RBR na metade final da prova colocou a Mercedes em uma situação complicada, apesar de devolver a liderança para Hamilton. Com pneus médios, Verstappen caiu para terceiro, mas não demorou a passar Pérez e posteriormente Bottas, encurralando o britânico – com pneus duros mais gastos e sem tempo para outra troca. Reduzindo a desvantagem a cada volta, Max conseguiu usar a asa móvel a dois giros pro fim da prova e segurou o rival até a bandeirada.

Max Verstappen e Sergio Pérez comemoram resultado do GP da França, dupla terminou, respectivamente, em 1º e 3º — Foto: Mark Thompson/Getty Images

Max Verstappen e Sergio Pérez comemoram resultado do GP da França, dupla terminou, respectivamente, em 1º e 3º — Foto: Mark Thompson/Getty Images

Verstappen ampliou a vantagem sobre Hamilton no campeonato de pilotos, somando 131 pontos contra 119 do rival, 12 a mais. Pérez assegurou sua permanência na terceira colocação, com 84 pontos – oito a mais que Lando Norris, em quarto. Bottas fecha as cinco primeiras posições, com 59. No Mundial de Equipes, a RBR, também líder, aumentou a diferença sobre a vice-líder Mercedes de 26 para 37 pontos, anotando 215 pontos. Com o quinto e sexto lugares de Lando Norris e Daniel Ricciardo, a McLaren reassumiu o terceiro lugar no campeonato, superando a Ferrari.

A oitava etapa da temporada 2021 da Fórmula 1 será o GP da Estíria no Circuito de Spielberg, no próximo domingo, 27.

Lewis Hamilton, Max Verstappen e Sergio Pérez no pódio do GP da França  — Foto: Nicolas Tucat - Pool/Getty Images

Lewis Hamilton, Max Verstappen e Sergio Pérez no pódio do GP da França — Foto: Nicolas Tucat – Pool/Getty Images

Os três primeiros

 

VERSTAPPEN: “A estratégia de duas paradas valeu a pena. Durante toda a corrida, lutamos um contra o outro. Acho que vai ser assim pelo resto da temporada”.

HAMILTON: “Parabéns ao Max, ele fez um ótimo trabalho. Estou feliz com o resultado. infelizmente perdi a posição, mas ainda assim, foi uma grande corrida. Temos que cavar fundo e encontrar algum ritmo”.

PÉREZ: “Fizemos uma grande corrida hoje. Ótima estratégia. Grandes pontos para a equipe”.

Resultado da prova

 

Resultado do GP da França  — Foto: F1

Resultado do GP da França — Foto: F1

Largada

 

A liderança de Max Verstappen durou até a segunda curva. O holandês se atrapalhou e saiu da pista, abrindo caminho para Lewis Hamilton assumir a ponta e abrir, de cara, 1s5 sobre o piloto da RBR. Valtteri Bottas e Sergio Pérez mantiveram as terceira e quarta colocações.

Lando Norris, largando do oitavo lugar, também saiu da pista e caiu para décimo, ultrapassado por Fernando Alonso e o companheiro Daniel Ricciardo. No fundo do grid, Mick Schumacher, largando pela primeira vez do 15º, caiu para 19º; Yuki Tsunoda, que partiu do pitlane após bater na classificação, ganhou duas posições e assumiu o 18º posto.

Momentos-chave

 

1. Norris, saindo da oitava colocação, também errou na largada; Fernando Alonso, que largou do nono lugar, e seu companheiro Ricciardo, em décimo, deram o bote. O britânico da McLaren caiu para décimo.

2. Com a asa móvel aberta na curva 8, Ricciardo deixa Alonso para trás e assume a oitava colocação. Depois dele, foi a vez de Norris ultrapassar o espanhol da Alpine. A dupla da McLaren passou a ocupar, respectivamente, o oitavo e nono lugares – Alonso caiu para décimo.

3. Charles Leclerc, em sétimo lugar, foi o primeiro a parar na 15ª volta, trocando os pneus médios pelo conjunto duro. O monegasco caiu pra 19º, mas recuperou seis posições com o pit stop dos pilotos à frente.