VÍDEO: Campo-grandense desafia toque de recolher, divulga no YouTube e é identificado pela Guarda Civil Metropolitana

Saiu de 'rolê' pelo Centro de Campo Grande para ver se encontrava polícia

Foto: Youtube

Desafiando o toque de recolher, determinado por decreto municipal no último sábado (21), dois rapazes saíram de ‘rolê’ pelas ruas de Campo Grande após às 23h e divulgaram a ousadia no YouTube. O motorista – que destaca durante o vídeo a não fiscalização da Segurança Pública -, foi identificado pela Guarda Civil Metropolitana e poderá responder pelo ato.

O rapaz sai de casa por volta das 23h10 de sábado, dia em que foi decretado o toque de recolher, determinado para evitar aglomerações de pessoas e consequente disseminação do novo coronavírus. Ele entra em um Volkswagen Jetta e afirma que irá com o veículo potente, caso encontre a polícia. “Se por um acaso a polícia seguir nós, temos 400 cavalos de roda para poder fugir da polícia”, diz no vídeo.

O motorista dirige aparentemente em alta velocidade, pelas principais avenidas da região central, como Afonso Pena e Mato Grosso. “Diz que vai ter 600 polícias na rua, 100 viaturas”, ironiza. Ele destaca, durante o trajeto, que estava tentando encontrar policiais na rua, mas não conseguiu. “To vendo uns gato pingado na rua, mas não to vendo polícia não (sic)”, complementa.

O rapaz, que desobedeceu ao toque de recolher, conforme o secretário Especial de Segurança e Defesa Social, Valério Azambuja, foi identificado e poderá responder pelo crime previsto no artigo 267 do código penal, de causar epidemia, mediante a propagação de germes patogênicos. “Aviso aqueles que ainda insistem em desobedecer a legislação: o Poder Público e a polícia irão tomar as devidas providências”, destacou o secretário. A pena para este crime é de dez a 15 anos de reclusão.

Ele também poderá responder pelas infrações no trânsito, como furar o sinal vermelho do semáforo, multa gravíssima de R$ 293,47 e sete pontos na CNH (Carteira Nacional de Habilitação). Além de mais uma multa gravíssima, dirigir ameaçando pedestres que estejam atravessando via pública, também gera a suspensão do direito de dirigir por prazo determinado posteriormente.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui