Prefeitura de Campo Grande decreta toque de recolher após às 20h a partir desta quinta-feira

Prefeito Marquinhos Trad (PSD), anunciou que a capital segue em quarentena como medida preventiva para evitar aglomerações

Prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD) anunciou novas medidas de prevenção ao Covid-19 na capital de MS — Foto: Redes Sociais/Reprodução

O prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD), anunciou nesta quarta-feira (25) um novo toque de recolher na capital de Mato Grosso do Sul. A partir desta quinta-feira, estão vedadas as saídas após as 20h e não mais 22h, como previa o antigo decreto municipal, e continuará até às 5h da manhã. A medida, que começa a vigorar a partir de quinta e durará até domingo (29), é em prevenção à proliferação do novo coronavírus.

Segundo ele, a partir da próxima segunda feira, o horário do toque de recolher voltará para às 22h. A quarentena também segue no município até, pelo menos, a próxima semana. Na declaração em rede social, Trad também afirmou que o isolamento está sendo um sucesso e que, após o fim do prazo de 15 dias de quarentena, irá tomar uma nova decisão, com base nas orientações do Ministério da Saúde.

O prefeito de Campo Grande informou ainda que com a nova medida, ele pretende evitar aglomerações de pessoas nas ruas e nos comércios. De acordo com Trad, quem for pego nas ruas após o horário sem justificativa de trabalho ou urgência, serão levados para a delegacia. Caso algum estabelecimento comercial esteja funcionando, este terá o alvará caçado.

O estado de Mato Grosso do Sul tem confirmados, até esta quarta-feira, 24 casos de coronavírus. Desses, 22 são na capital, que ainda está com 15 casos suspeitos.