Palmeiras perde do Mirassol em casa e fica em situação complicada no Paulistão

Tropeço que pode custar caro!

O Palmeiras está em situação complicada no Campeonato Paulista. Na noite deste domingo, no Allianz Parque, o Verdão perdeu por 2 a 1 para o Mirassol, em jogo válido pela oitava rodada, e corre o risco de ficar fora da fase eliminatória do estadual, sem vaga nas quartas de final. Com um time misto, os donos da casa não conseguiram parar o time do interior, que construiu o triunfo com gols de Fabrício e Diego Gonçalves. Mesmo jogando boa parte do segundo tempo com um a mais (Neto Moura foi expulso) e tendo um pênalti a favor (Gabriel Menino errou), o Palmeiras não conseguiu reagir (só fez o gol aos 50 minutos do segundo tempo, com Newton). Do lado do Mirassol, destaque para boa atuação do goleiro Alex Muralha.

Com a vitória deste domingo, o Mirassol chegou aos 14 pontos na liderança do Grupo D. Já o Palmeiras, estacionado nos 12 pontos, é o terceiro colocado do Grupo. Veja a tabela completa.

O duelo começou muito movimentado no Allianz Parque. Com os dois times procurando o ataque, o Palmeiras chegou primeiro, em chute de Esteves após rebote de finalização de Giovani, aos 4, e depois com Zé Rafael, de fora da área, aos 5. Alex Muralha defendeu. Aos 9, o Mirassol levou muito perigo. Weverton espalmou cruzamento para o meio da área, e Cássio Gabriel mandou para fora. Assim como fez no lance seguinte, de um pouco mais longe. A resposta do Palmeiras, aos 11, foi com um quase gol. Viña cruzou da esquerda, e Giovani, na pequena área, mandou por cima. Depois desse começo acelerado, os dois times demoraram a criar novamente. Mas se mantiveram em busca do ataque. Só aos 23 que Moraes arriscou de fora da área e assustou Weverton. Dois minutos depois, Gioavani acertou o travessão e quase marcou para o Verdão após boa jogada individual. Na sequência, Rafael Elias ficou na cara do gol e parou em Alex Muralha. O goleiro, aliás, iniciou a jogada do gol do Mirassol, aos 28. Ele lançou, Moraes ficou com a bola após desvio e cruzou para Fabricio finalizar de primeira. Belo gol. O Palmeiras quase empatou aos 36, mas parou de novo em Muralha depois de cabeçada de Viña. Boa etapa inicial.

Henri, durante a partida entre Palmeiras x Mirassol

Henri, durante a partida entre Palmeiras x Mirassol (Foto: Cesar Greco)

A etapa final começou a todo vapor. Logo aos dois minutos, o Mirassol ampliou. Diego Gonçalves recebeu belo lançamento de Oyama, avançou em contra-ataque e tocou na saída de Weverton para marcar o segundo do time do interior. Sem conseguir se encontrar no segundo tempo, o Palmeiras não dava sinais de reação. Enquanto isso, o Mirassol quase chegou ao terceiro, em chute de Pedro Lucas, aos 13. Weverton defendeu. Logo depois, porém, Neto Moura levou o segundo amarelo, foi expulso e deixou o time do interior com um a menos. Mas isso não mudou a dinâmica do jogo, e o Mirassol chegou com perigo em chute de Moraes defendido por Weverton, aos 24. Aos 35, o Palmeiras teve pênalti marcado a favor. Na cobrança, Gabriel Menino bateu mal, e Alex Muralha defendeu. Quando o Verdão esboçou uma reação, era tarde mais. Aos 50, após vacilo de Muralha, Newton fez para o Verdão.

Palmeiras x Mirassol

Palmeiras x Mirassol (Foto: Léo Roveroni/Agência Mirassol)

Veja aqui as notas dos jogadores.

Giovani, atacante do Palmeiras

Giovani, atacante do Palmeiras (Foto: Cesar Greco)