Nota Pública – Aglomerações

A CDL CG – Câmara de Dirigentes Lojistas de Campo Grande repudia os fatos ocorridos neste fim de semana, com o flagrante, por parte das autoridades, de aglomerações e falta de cumprimento das normas de biossegurança em estabelecimentos da Capital, indo de encontro à maioria absoluta de bares, restaurantes e promotores de eventos que se esforçam para seguir todos os protocolos e garantir, assim, o seu funcionamento e a saúde de empresários, funcionários e clientes.

A entidade reforça que estes locais NÃO representam os mais de três mil CNPJs existentes no município, e não pactua com tal falta de responsabilidade e consciência, reiterando seu apoio aos empresários que lutam para sobreviver com dignidade.

Os fatos ocorridos demonstram a necessidade de se ampliar a fiscalização, que tem apoio da entidade, coibindo os que insistem em descumprir as regras e fortalecendo aqueles que fazem sua parte.

Além disso, é importante salientar que essa fiscalização também deve chegar com grande empenho ao transporte coletivo da Capital, um grande foco de aglomerações de trabalhadores e que, desde o início da pandemia, não tem tido, por parte da administração municipal e demais autoridades, uma solução clara e definitiva, sendo procrastinada e colocando em risco a vida das pessoas que utilizam diariamente esse meio de transporte.

A CDL CG reforça que continuará lutando em defesa das empresas responsáveis, dos CNPJs que atendem as recomendações de biossegurança e todos os lojistas que precisam trabalhar para sobreviver, especialmente neste período de pandemia.