NFL: Bengals e Rams vão disputar o Super Bowl; veja números e curiosidades

Está definido o Super Bowl LVI: será entre Cincinnati Bengals e Los Angeles Rams. Campeões de suas conferências após vencerem o Kansas City Chiefs e o San Francisco 49ers, respectivamente, eles estarão no maior momento do esporte dos Estados Unidos, que acontece no próximo dia 13 de feveireiro.

O primeiro classificado foi o Cincinnati Bengals, que bateu o Kansas City Chiefs por 27 a 24, na prorrogação. Diante de um estádio lotado do rival, a equipe do jovem Joe Burrow conseguiu uma virada espetacular para superar o astro Patrick Mahomes, dos Chiefs, que nunca havia perdido uma final de conferência até então — nos dois últimos anos, ele havia levado Kansas City ao Super Bowl; venceu um e perdeu outro.

Já na Conferência Nacional, o Los Angeles Rams derrotou o San Francisco 49ers por 20 a 19. San Francisco chegou a entrar no último quarto vencendo por 17 a 7, mas o ataque dos Rams, principalmente liderado por Cooper Kupp, virou o confronto dentro do two-minute warning.

Gelo no sangue:quarterback mais novo nos playoffs, Joe Burrow comanda Bengals no sonho do Super Bowl

A equipe de Los Angeles também eliminou o atual campeão para chegar na final de Conferência: o Tampa Bay Buccaneers, de Tom Brady.

Veja curiosidades

  • Os Bengals chegaram a estar perdendo por 21 a 3, mas a crescente no segundo tempo levou a partida para a prorrogação e protagonizou um feito incomum: as equipes que perderam o sorteio da moeda foram derrotadas em 10 dos 12 jogos já disputados em playoffs. Os Bengals foram a segunda equipe a conseguir reverter essa estatística.
  • Também é a primeira vez desde 1988 que os Bengals chegam à decisão da NFL. Nos únicos dois Super Bowls que disputou, Cincinnati perdeu para os 49ers em ambos.
  • Joe Burrow se tornou o primeiro quarterback draftado como primeira escolha geral a levar sua equipe ao Super Bowl em suas duas primeiras temporadas. Vale lembrar que a sua história é de superação: após sofrer uma grave lesão de joelho em seu ano de calouro, o atleta de 25 anos retornou surpreendeu a todos com o seu desempenho.
  • Para chegar na final da AFC, o Cincinnati espantou o fantasma de mais de 30 anos sem vitórias na pós-temporada da NFL. Também foi a primeira vitória fora de casa da franquia na história dos playoffs.
  • É a segunda vez seguida que um time vai jogar em casa na decisão. No ano passado, o Buccaneers foi campeão em Tampa Bay, na Flórida.
  • Los Angeles Rams buscam o segundo título de sua história, o primeiro foi em 1999.
  • A final é importante para o quarterback dos Rams, Matthew Stafford, que era o atleta da posição com mais jogos sem uma vitória nos playoffs. Stafford liderava a corrida para MVP da temporada regular, até que algumas decisões inexplicáveis nos jogos finais o tiraram de cena — Aaron Rodgers é o favorito ao prêmio.
Joe Burrow, do Cincinnati Bengals Foto: Denny Medley / USA TODAY Sports
Joe Burrow, do Cincinnati Bengals Foto: Denny Medley / USA TODAY Sports