Marquinhos elabora plano de ação para acabar com déficit de 90 mil casas no Estado

O pré-candidato do PSD ao Governo de Mato Grosso do Sul, Marquinhos Trad, está percorrendo todas as regiões do Estado para elaboração de um programa de governo que atenda as especificidades de cada cidade. Após visita a, aproximadamente, 70 municípios, uma constatação:

“São mais de 10 anos, dois governos diferentes, e quase 90 mil pessoas estão na fila por uma casa. Em 2014, na gestão de um ex-governador que quer voltar, 76 mil pessoas aguardavam na fila. Entrou um novo grupo e 87.345 pessoas, segundo divulgado por eles, sonham em ter um lar pra chamar de seu. Ninguém resolveu este problema e as pessoas continuam padecendo”, lamentou.

Marquinhos incluiu habitação entre as prioridades do Programa de Governo que está elaborando. Ele vai usar a experiência adquirida em Campo Grande para emplacar o maior número de projetos e transformar a triste realidade que tem encontrado em todos os municípios.

“Em Campo Grande, tivemos o melhor desempenho de contratações na modalidade faixa 1 do País. Investimos R$ 368,1 milhões em todas as regiões da Capital, com entrega de 2.500 moradias. Só neste ano, realizaremos o sonho de mais 1.200 famílias, chegando a 5.000 entregas até 2024. Estamos elaborando um plano de ação com a inserção de todos os municípios, atentando-se para cada realidade. É primordial o investimento mais efetivo do Estado para uma ação em conjunto”, detalhou.

Marquinhos defende o auxílio aos municípios na captação de recursos do Governo Federal e ampliação de subsídios estaduais para projetos em todo o Estado. “Vamos adotar programas e linhas de créditos de sucesso utilizadas em Campo Grande, com contratações junto ao Governo Federal, através do FGTS, FAR, FDS, BID e Recurso Estadual. Com o avanço de entregas, de maneira organizada e planejada, Mato Grosso do Sul tem como se tornar um Estado referência no Brasil, com a maior redução de déficit habitacional”, concluiu.

FonteNotíciasCG / Carlos Oliveira