Laboratório da Ufopa cria guia de cuidados com alimentação durante pandemia de coronavírus

Em tempos de pandemia de coronavírus, surgem muitas dúvidas sobre como evitar o contágio da doença. Pensando nisso, o Laboratório de Tecnologia de Produtos de Origem Animal (LTPOA) da Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa) criou um guia com orientações sobre alimentação no combate à Covid-19.

O Guia de Cuidados com os Alimentos em Tempos de Delivery indica o que fazer tanto com alimentos frescos como com as refeições compradas em sistema de delivery ou entrega em domicílio.

A equipe do Laboratório também iniciou uma série informativa apresentando quais alimentos podem ajudar a aumentar a imunidade.

Sob coordenação da professora Fabrizia Otani, do Instituto de Biodiversidade e Florestas (Ibef), o trabalho é realizado por bolsistas do Bacharelado Interdisciplinar em Ciências Agrárias, Agronomia e Zootecnia da Ufopa, além do curso técnico em Alimentos da Escola de Ensino Técnico do Estado do Pará (EETEPA). Também colaboram com o LTPOA professores do Ibef: Alanna do Socorro, Andrea Vinente, Élcio Meira, Graciene dos Santos, Kedson Neves, Maria Lita Padinha e Ronaldo Lima.

“Fizemos um planejamento de atividades remotas, durante o período de isolamento, e optamos por fazer um trabalho de divulgação a respeito dos alimentos em relação ao coronavírus, para contribuir com informações mais acessíveis ao público”, explicou a coordenadora.

O que fazer com os alimentos?

Não há comprovação de transmissão direta do novo coronavírus pelos alimentos. Porém, é necessário higienizá-los corretamente e redobrar os cuidados com as embalagens. Os alimentos frescos precisam ser armazenados limpos. O Guia recomenda deixá-los de molho em solução à base de hipoclorito de sódio, ou água sanitária, com enxágue abundante e secagem com papel toalha.

As embalagens de comidas entregues em domicílio ou retiradas no local de venda devem ser higienizadas com álcool 70%. Mesmo após desinfetadas, o correto é transferir a comida para outro recipiente e descartar a embalagem. Outros cuidados também precisam ser observados: evitar o uso de cédulas e moedas e lavar embalagens de bebidas com água e sabão.