Hospital Sírio-Libanês afasta 104 funcionários com coronavírus

Cento e quatro funcionários do Hospital Sírio-Libanês em São Paulo foram afastados por 14 dias após testarem positivo para o novo coronavírus.

Segundo a assessoria da instituição, assim que os colaboradores apresentaram os primeiros sintomas, fizeram o teste e deixaram de exercer suas atividades.

Ainda de acordo com o hospital, os funcionários são de diversas áreas que têm contato direto com pacientes, entre elas, enfermaria, limpeza, recepção e manutenção.

Casos de coronavírus estado de São Paulo

O estado de São Paulo possui 98 mortes e 1.451 casos confirmados, segundo balanço do Ministério da Saúde divulgado neste domingo (29).

O novo número de casos representa um aumento de 3,2% em relação aos 1.406 casos anunciados no sábado (28). No caso das mortes, o crescimento foi de 16,6%. No Brasil são 4.256 casos confirmados e 136 mortes.