GUERRA NA UCRÂNIA: Rússia abre corredores humanitários pelo segundo dia; Moradores de Sumy começam a deixar a cidade

Governador de Kharkiv diz que a retirada de civis de Izyum não foi possível por causa de bombardeios russos

Mais de 400 ucranianos são presos por protestarem em cidade ocupada

Guarda nacional russa prendeu mais de 400 pessoas em Kherson, cidade ucraniana ocupada pela Rússia. Informação é de um oficial do exército da Ucrânia.

“Por causa da furiosa resistência dos moradores de Kherson, os ocupantes estão tentando introduzir punições administrativas e policiais”, disse em nota.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Kuleba, da Ucrânia, tem baixas expectativas para encontro com Lavrov, da Rússia

Os ministros de relações exteriores da Ucrânia e da Rússia marcaram um encontro para quinta-feira (11), na Turquia, no que será a primeira reunião dos dois desde a invasão russa.

Kuleba confirmou a sua participação e pediu que Lavrov os receba “em boa fé, não para fazer propaganda”.

“Digo francamente que minhas expectativas estão baixas”, disse Kuleba. “Estamos interessados no cessar-fogo, em liberar nossos territórios e resolver as questões humanitárias.”

FonteAgencias Internacionais