Deficientes visuais terão curso de braille no CRAS do Coophavila

A Prefeitura Municipal de Campo Grande, por meio da Agência Municipal de Tecnologia da Informação e Inovação (Agetec), entregou na última semana novos computadores para o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) Vila Gaúcha, localizado no bairro Coophavila II.

Os computadores serão destinados para o curso de braille a ser ministrado pelos professores Rogério Escobar da Silva e Andrea Rocha Zurutuza, que são deficientes visuais.  De acordo com a Coordenadora do CRAS Vila Gaúcha, Lizeth Figueiredo, a novidade será o marco de inclusão na comunidade e fará parte da grade de atividades propostas pelo local.

“Seremos os primeiros a oferecer as aulas de braille nos CRAS e, a partir disso, acredito que há muito para ser construído e compartilhado. Esse é nosso objetivo, incluir todas as pessoas, sem exceção”, disse Lizeth.

Através da parceria com a Agetec, os computadores instalados já estão com o software de apoio para que os professores possam ministrar as aulas de braile a todos os interessados.

“O objetivo do curso é, primeiramente, ajudar os servidores e usuários do CRAS a se comunicarem sem restrições com as pessoas com deficiência. A vinda dos computadores foi essencial para darmos início a esse sonho”, comenta Lizeth.

O CRAS Vila Gaúcha atende cerca de 200 pessoas, entre crianças, jovens e idosos, e a previsão para o início do curso é de 30 dias.