Brasil garante 21º título de Libertadores com Flamengo x Palmeiras e dominará final pela 4ª vez; veja lista

A final da Libertadores de 2021 será inteiramente brasileira. Flamengo e Palmeiras eliminaram Barcelona e Atlético-MG, respectivamente, e estarão na decisão do próximo dia 27 de novembro, em Montevidéu, no Uruguai. Com isso, o Brasil garantiu seu 21º título do torneio e mais alguns feitos.

Por exemplo, esta será a quarta decisão internamente brasileira da história do torneio. As outras aconteceram em 2020, 2006 e 2005 e tiveram Palmeiras, Internacional e São Paulo como campeões, respectivamente. O Brasil é o país com mais finais completas — apenas a Argentina também atingiu este feito, em 2018, com Boca Juniors x River Plate.

Finais totalmente brasileiras:

  • 2021: Flamengo x Palmeiras
  • 2020: Palmeiras x Santos — Palmeiras campeão
  • 2006: Internacional x São Paulo — Internacional campeão
  • 2005: São Paulo x Athletico — São Paulo campeão

Atualmente, o Brasil tem 21 títulos — já considerando o campeão brasileira da edião de 2021. A líder isolada continua sendo a Argentina, com 25. Porém, será o país já faturou bicampeonatos em diversas oportunidades.

Entre 2010 e 2013, o Brasil foi tetracampeão consecutivo (Internacional, Santos, Corinthians e Atlético-MG); entre 2005 e 2006, faturou o título com São Paulo e Internacional; também foi tricampeão seguido com Cruzeiro (1997), Vasco (1998) e Palmeiras (1999); e bi com o São Paulo em 1992 e 1993 e com o Santos em 1961 e 1962.

Títulos da Libertadores por país:

  • Argentina: 25 títulos
  • Brasil: 21 títulos* (*garantido com a atual edição)
  • Uruguai: 8 títulos
  • Colômbia: 3 títulos
  • Paraguai: 3 títulos
  • Chile: 1 título
  • Equador: 1 título

Finalistas, Flamengo e Palmeiras também terão a oportunidade de elevar as suas posições no ranking de campeões brasileiros da Libertadores.

Veja a lista:

  • São Paulo: 3 (1992, 1993 e 2005)
  • Grêmio: 3 (1983, 1995 e 2017)
  • Santos: 3 (1962 , 1963 e 2011)
  • Palmeiras: 2 (1999 e 2020)
  • Cruzeiro: 2 (1976 e 1997)
  • Internacional: 2 (2006 e 2010)
  • Flamengo: 2 (1981 e 2019)
  • Vasco: 1 (1999)
  • Corinthians: 1 (2012)
  • Atlético-MG: 1 (2013)