Boxeador norte-americano é morto a tiros na véspera do Natal

O ex-boxeador profissional Danny Kelly Jr., de 30 anos, foi morto a tiros na véspera de Natal, em frente à namorada e dos três filhos, em Temple Hills, no estado de Maryland, nos Estados Unidos.

De acordo com a polícia, o pugilista peso-pesado estava dirigindo, quando um carro parou ao lado do veículo dele e abriu fogo. Nenhum dos outros quatro passageiros foram atingidos.

As autoridades do Condado de Prince George´s suspeitam que o assassinato seja um caso de briga de trânsito e oferecem uma recompensa de 25 mil dólares (aproximadamente R$ 141 mil) para informações sobre o crime.

Em atividade entre 2012 e 2019, Kelly tinha um cartel de 14 lutas profissionais, com dez vitórias.