Bares reabertos do RJ

Bares, lanchonetes, restaurantes e outros estabelecimentos do Rio foram autorizados a reabrirem as portas na sexta-feira (9), depois de uma “pausa emergencial” para tentar frear o avanço da Covid-19. E este será o primeiro fim de semana com mudanças nas medidas restritivas na cidade.

Entretanto, há novas regras de funcionamento para os espaços, que valem também para clubes e quiosques da orla. De acordo com a prefeitura, o expediente é até as 21h e, depois do horário, os locais só podem funcionar com entregas (delivery).

E mesmo que esses estabelecimentos tenham sido liberados para abrir, outras medidas da “pausa emergencial” permanecem. Praias, parques, cachoeiras e outros continuarão proibidos (confira a relação completa no fim do texto).

Na sexta, mesmo de portas abertas, o comércio em pontos tradicionais como Centro e Tijuca estavam vazios. No mesmo dia também retornou a visitação ao Cristo Redentor.

O governo estadual ainda não se manifestou sobre uma possível flexibilização.

O que pode abrir e horário

A partir de sexta-feira (9), até as 21h*:

  • Bares
  • Lanchonetes
  • Restaurantes
  • Quiosques da orla

*Após esse horário, podem funcionar apenas delivery.

A partir das 11h:

  • Clubes

Entre 12h e 21h:

  • Serviços

Das 10h às 18h:

  • Comércio*

*Segundo a prefeitura, “as atividades no interior de shopping, centros comerciais e galerias de lojas, deverão funcionar observando as restrições de horário”.

E das 12h às 21h:

  • Museus
  • Zoológico
  • Galerias
  • Bibliotecas
  • Cinemas
  • Teatros
  • Salões de beleza
  • Barbearias
  • Clínicas de estética

Continua proibido

  • Ficar na areia da praia
  • Ficar na rua entre 23h e 5h (a circulação é permitida)
  • Comércio de ambulantes
  • Danceterias e boates
  • Entrada de ônibus intermunicipais fretados com turistas
  • Estacionar o carro na orla (exceto moradores, idosos, pessoas com deficiência e hóspedes de hotéis)
  • Eventos
  • Parques e cachoeiras
  • Festas públicas e particulares
  • Rodas de samba
  • Feiras, exposições e congressos (exceto feira livre)
  • Exercícios e esportes coletivos*

*Continuam proibidos exercícios e esportes coletivos, inclusive circuitos e similares, orientados por professores de educação física, seja em áreas abertas ou fechadas, como academias e outras áreas particulares.

A prefeitura informou que também não é permitida “pelada” em praças, quadras e afins. Somente atividades individuais estão liberadas.