Agendamento de castração de gatos será feito on-line

A Prefeitura Municipal de Campo Grande, por meio da Agetec (Agência Municipal de Tecnologia da Informação e Inovação), lança na quinta-feira (16) o Sistema de Agendamento On-line de Castração de Felinos – CCZ Online. Será o primeiro sistema institucional a prestar este serviço à população e protetores da causa animal, acabando com as longas filas e espera nas ligações telefônicas.

Para o diretor-presidente da Agetec, Paulo Fernando Garcia Cardoso, o site é mais que uma ferramenta de agendamento on-line, é uma plataforma completa de gestão. “O sistema foi construído e entregue pela Prefeitura ouvindo o usuário e suas necessidades. Agora, quem precisa dos serviços de castração de felinos do CCZ, poderá consultar a disponibilidade de vagas, realizar o agendamento e acompanhar a solicitação através do seu computador ou smartphone. Além disso, o sistema apresenta o opção da transparência a cerca dos procedimentos realizados e a otimização do atendimento presencial ou telefone, que agora será gerido pela equipe do CCZ nessa plataforma”, destaca.

O cadastro no site é fácil e intuitivo. Basta o munícipe preencher corretamente os dados de endereço, e-mail e número do documento. Para os animais, as informações são de sexo, idade e peso. Através da senha, o cidadão pode escolher uma das datas disponíveis e acessar conforme a necessidade. “É importante destacar que contamos com a participação da população que se cadastrou para gerirmos as vagas. Caso não possa levar o gatinho naquele dia, pedimos para que entre no site através do seu cadastro e libere a data”, frisa a coordenadora do CCZ, Iara Helena Domingos.

Para as ONG’s, previamente cadastradas, são 10 vagas como já acontecia antes. Para os protetores, são disponibilizadas duas vagas e para a população, uma vaga por CPF. As campanhas, que acontecerão mensalmente, serão abertas todo dia 20 de cada mês e o número de vagas será flutuante, considerando os feriados e finais de semana.

Na avaliação do secretário municipal de Saúde, José Mauro Filho, a ferramenta representa um avanço que facilitará o acesso e trará mais comodidade ao usuário.

“O objetivo é facilitar o acesso de quem procura o serviço o que, consequentemente, é um importante passo, uma vez que, com o sistema em funcionamento, o tutor não terá mais que acordar de madrugada e enfrentar uma longa fila para agendar o procedimento, sendo que o mesmo poderá ser feito no conforto de sua casa ou em qualquer local através de um dispositivo com acesso a internet”, enfatiza.

A alternativa ao agendamento presencial era uma reivindicação antiga dos tutores que buscam por uma das 600 vagas de castração de felinos que serão disponibilizadas no mês de junho pelo CCZ.

Ao comparecer na data agendada para a cirurgia, o cidadão deverá apresentar o comprovante de residência, documentos pessoais,  o guia de pagamento do microchip quitado e o protocolo gerado no ato do agendamento online. A idade mínima para passar pela cirurgia é de seis meses de idade e dois quilos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui