Vinícius Siqueira terá que pagar R$ 11 mil em multa por impulsionar vídeos contra Marquinhos

Candidato do PSL critica o atual prefeito nas duas peças audiovisuais, que foram promovidas nas redes sociais

Vinícius Siqueira. (Foto: Izaías Medeiros, Câmara Municipal. Arquivo)

O candidato à prefeitura de Campo Grande pelo PSL, Vinícius Siqueira, além de ter que retirar do ar uma propaganda de ataque ao atual prefeito Marquinhos Trad, do PSD, também terá que arcar com multas que somam R$ 11 mil. As penalizações foram arbitradas pela Justiça Eleitoral porque Siqueira impulsionou vídeo nas redes sociais com conotações negativas a Marquinhos. As sentenças foram publicadas pelo TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral), na tarde desta sexta-feira (23).

Em seu perfil do Facebook, Vinicius Siqueira publicou dois vídeos em que critica o atual prefeito por reunião feita com servidores. Os dois conteúdos foram, inclusive, impulsionados pelo candidato.

Por essa razão, Marquinhos Trad ingressou com duas ações contra Siqueira. O prefeito alegou que o impulsionamento alcançou 20 mil impressões e tem potencial para atingir 1 milhão de pessoas. E pediu pela aplicação de uma multa de R$ 30 mil.

O juiz da 8ª Zona Eleitoral, de Campo Grande, Paulo Afonso de Oliveira, considerou os fatos e julgou procedente as duas ações. Em relação ao impulsionamento das publicações, o magistrado determinou multa prevista em artigo do TSE. Em uma decisão, fixou o valor de R$ 5 mil e na outra R$ 6 mil.