Vereador e Secretária adjunta de saúde incitam greve de enfermeiros em Campo Grande

O Vereador novato, o enfermeiro Fritz juntamente com a adjunta da Secretária de Saúde ANDRESSA DE LUCCA BENTO e com o presidente do SISEM Marcos Tabosa são os responsáveis por incitarem a greve dos enfermeiros em Campo Grande. Fritz, Tabosa e Andressa de Lucca substituíram no “cargo” Paulo Siufi e o ex-Vereador Jamal Salém, que partiram para a Assembleia Legislativa, mas também eram conhecidos por comandarem a Saúde de Campo Grande.

Hederson Fritz Morais da Silveira é enfermeiro e vereador de primeira de viagem e figura na lista dos dez dos 29 vereadores eleitos em Campo Grande que tiveram as contas de campanha reprovadas pela Justiça Eleitoral.

Já ANDRESSA DE LUCCA BENTO é filha de Lizabete Coutinho de Lucca, Chefe da Divisão da Educação Especial da SEMED – Campo Grande. Numa busca rápida constatamos que Andressa é sócia de sua mãe em três empresas Instituto Sapiens de Capacitação Humana Ltda – ME, Instituto de Excelência Humana – Iexh e Centro de Ensino de Pre Esc e 1 Grau Caranda Bosque Ltda – ME todos localizados no mesmo endereço, R Vitorio Zeolla, 1395, Caranda Bosque.

O último dispensa comentários, o presidente do Sisem, Marcos Tabosa, filiado ao PDT, partido comandado pela família Namme e pelo Jogo do Bicho em Campo Grande, contumazes operadores de Greves em Campo Grande e estado.

O Ministério Público do Estado de Mato Grosso do Sul (MP-MS) investiga o ex-secretário municipal de Saúde Pública de Campo Grande, Jamal Salem e o presidente do Sindicato dos Servidores e Funcionários Municipais (Sisem), Marcos Tabosa por coação de servidores e por apontar fraude na folha de frequência de agentes de saúde.

Fonte: Portal I9 (Henrique Coene)