Urandir Fernandes de Oliveira lança a moeda digital Dourado

Fundador da Associação Dakila Pesquisas cria unidade monetária digital visando o desenvolvimento econômico e social e prosperidade para todos

Com o principal objetivo de oferecer à sociedade um mecanismo sólido e eficaz na promoção do desenvolvimento econômico e social, o empresário e pesquisador, Urandir Fernandes de Oliveira, acaba de lançar no mercado a moeda digital Dourado.

Fundador da Associação Dakila Pesquisas e da Cidade Zigurats, empreendimentos localizados no município de Corguinho, a cerca de 100 km de Campo Grande, o empresário Urandir Fernandes sempre se preocupou em idealizar meios capazes de promover a dignidade humana, sendo a criação da moeda digital Dourado sua mais recente investida na busca por uma sociedade mais justa e igualitária.

Ao oficializar o lançamento do Dourado, em reunião com a direção do Grupo Dakila Pesquisas na última quinta-feira, 29, em Campo Grande, Urandir Fernandes enfatizou que há algumas décadas o Brasil vem buscando encontrar uma unidade monetária de nível mundial que garanta pagamento de compromissos de forma segura e eficiente. Segundo Urandir, termo Dourado, por si só, remete a riquezas, prosperidade.

O Dourado é, portanto, uma moeda digital que chegou para proporcionar eficiência e segurança, podendo ser utilizada como meio de pagamento de compromissos diários. É um projeto de nível mundial que surge no Mato Grosso do Sul.

Idealizado pelo grupo empresarial que tem foco central na pesquisa científica, a utilização do Dourado buscará conectar a inovação e segurança da Blockchain aliado ao almejado progresso econômico. Além disso, a Dourado propõe-se à utilização do ecossistema das moedas digitais para o desenvolvimento da sociedade como um todo.