UFC Fort Lauderdale: Jacaré não se encontra, perde para Hermansson e vê chance de cinturão escapar

© Fornecido por Carlos Eduardo de Oliveira Santos (SUPERLUTAS) - UFC Fort Lauderdale: Jacaré não se encontra, perde para Hermansson e vê chance de cinturão escapar

Ainda não foi dessa vez que Ronaldo Jacaré conseguiu a sonhada chance pelo cinturão do Ultimate. Na luta principal do UFC Fort Lauderdale, realizado neste sábado (27), na Flórida (EUA), o brasileiro foi surpreendido pelo sueco Jack Hermansson e perdeu na decisão unânime dos juízes (48-47, 49-46, 48-47).

Desde o momento da pesagem, o brasileiro se mostrou muito concentrado para o embate contra Hermansson. Visivelmente chateado com a diretoria do UFC por nunca ter recebido uma chance de disputar o título dos médios, o brasileiro novamente cumpriu seu papel e colocou seu cartel em risco para enfrentar o sueco. Mas, assim como aconteceu nas lutas contra Yoel Romero, Kelvin Gastelum e Robert Whittaker, ele bateu na trave.

A luta

A luta começou com Hermansson desferindo alguns chutes baixos no brasileiro, que chamou o adversário para o combate. Jacaré permaneceu calmo e aguardou o momento certo para colocar em jogo sua estratégia. Em todo momento, Ronaldo aguardava as ações de Jack e jogava no contra-ataque. Em determinado momento, Jacaré passou por um susto após o sueco quase conseguir uma guilhotina. Jacaré, porém, se manteve calmo e conseguiu sair da posição e levar a luta de novo para cima. Com o susto, o brasileiro perdeu o primeiro round.

No segundo assalto, Jack continuou a demonstrar perigo para o brasileiro acertando socos e chutes no corpo de Jacaré. O brasileiro buscava encontrar a distância, mas via dificuldades para atingir com eficiência o oponente. Aos quatro minutos, Hermansson conseguiu fintar um golpe de Ronaldo e levou a luta para o chão. O sueco, por cima, conseguiu atingir Jacaré com bons golpes no rosto. Famoso pelo seu Jiu-jitsu, o brasileiro não conseguia impor suas qualidades no chão contra seu adversário, que continuava a golpear o atleta capixaba.

O terceiro round começou novamente com o sueco buscando levar o brasileiro para o chão. Jacaré defendeu bem a queda e voltou a lutar em pé. O brasileiro começou a se soltar na luta, conseguindo conectar alguns bons jabs de encontro ao rosto de Jack. O contra-golpe de Hermansson, porém, se mostrava bastante eficiente. No fim do round, Ronaldo conseguiu acertar dois bons golpes no rosto do sueco, que acusou o golpe. No fim, o brasileiro voltou a golpear com eficiência o adversário, que balançou, mas o round terminou.

Na quarta etapa, Hermansson novamente tentou levar o brasileiro para o chão, mais uma vez sem eficiência. Jacaré buscava empatar a luta, já que havia perdido os dois rounds iniciais. Os dois entraram na trocação franca. Jacaré acusou um golpe do adversário, mas continuou respondendo os ataques de Jack. O brasileiro começou a aparentar cansaço no duelo e atacava com menos frequência. Os golpes do sueco continuavam a atingir o rosto do brasileiro, que demonstrava dificuldade em encontrar a distância. Mesmo com o rosto machucado, Jacaré insistiu em manter a luta de pé. Ao fim do assalto, os dois atletas estavam com a respiração bastante ofegante.

Com o rosto preocupado, Jacaré, logo no início no último round, sofreu uma queda, porém conseguiu se levantar e, logo em seguida, devolveu a queda no adversário, que também conseguiu se reerguer. No fim do combate, Jacaré conseguiu desferir bons golpes no adversário, que sentiu, mas conseguiu colocar o brasileiro para baixo até que o tempo se esgotou.

Resultados do UFC Fort Lauderdale

CARD PRINCIPAL

  • Peso médio: Jack Hermansson derrotou Ronaldo Jacaré na decisão unânime dos juízes (48-47, 49-46, 48-47)
  • Peso pesado: Greg Hardy derrotou Dmitry Smoliakov por nocaute técnico a 2m15s do R1
  • Peso meio-médio: Mike Perry derrotou Alex Cowboy na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)
  • Peso meio-pesado: Glover Teixeira finalizou Ion Cutelaba com um mata-leão a 3m37s do R2
  • Peso galo: Cory Sandhagen derrotou John Lineker na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 28-29)
  • Peso leve: Roosevelt Roberts derrotou Thomas Gifford na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

CARD PRELIMINAR 

  • Peso meio-médio: Takashi Sato derrotou Ben Saunders por nocaute técnico a 1m18s do R2
  • Peso pesado: Augusto Sakai derrotou Andrei Arlovski na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28)
  • Peso palha: Carla Esparza derrotou Virna Jandiroba na decisão unânime dos juízes (29-28, 30-27, 29-28)
  • Peso leve: Gilbert Durinho finalizou Mike Davis com um mata-leão a 4m15 do R2
  • Peso leve: Jim Miller finalizou Jason Gonzalez com um mata-leão a 2m12 do R1
  • Peso palha: Angela Hill derrotou Jodie Esquibel na decisão unânime dos juízes (29-28, 30-27, 30-27)
  • Peso meio-médio: Dhiego Lima derrotou Court McGee na decisão dividida dos juízes (30-27,28-29, 29-28)