UFC 268: Kamaru Usman vence Colby Covington em ritmo de treino e mantém título dos meio-médios

Na luta principal do UFC 268, e a que tinha a maior rivalidade entre os seus protagonistas, o cinturão permaneceu com o campeão. Atuando praticamente em ritmo de treino, Kamaru Usman foi superior ao desafeto Colby Covington durante quase toda a disputa, praticamente não foi ameaçado no octógono e venceu o combate por decisão unânime dos juízes (48-47, 48-47 e 49-46).

Kamaru Usman venceu Colby Covington por decisão unânime e manteve o cinturão dos meio-médios no UFC 268 — Foto: Getty Images

Kamaru Usman venceu Colby Covington por decisão unânime e manteve o cinturão dos meio-médios no UFC 268 — Foto: Getty Images

A luta principal começou com os dois lutadores se estudando e, quando Colby Covington tentou uma derrubada, Kamaru Usman fez o giro, inverteu a posição e quase manteve o americano no chão. De volta à luta em pé, os dois voltaram a medir a distância. Quando o Covington tentou mais uma vez a queda, Usman repetiu a sua defesa, tentando golpear o desafiante no chão, mas sem sucesso.

Covington começou o segundo round levando desvantagem na trocação, sempre recebendo golpes quando tomava a iniciativa da luta. Usman era superior na precisão dos golpes e no controle da distância. O americano não conseguia incomodar o nigeriano, e recebia golpes na curta distância. Quando a luta foi para a grade, o campeão chegou a golpear o desafiante com ombros. No fim do round, Usman acertou dois bons golpes de esquerda, derrubando Covington duas vezes. O americano terminou o round agarrado aos pés do campeão, se protegendo e esperando o fim do round.

Kamaru Usman derrubou Colby Covington duas vezes no fim do segundo round no UFC 268 — Foto: Getty Images

Kamaru Usman derrubou Colby Covington duas vezes no fim do segundo round no UFC 268 — Foto: Getty Images

Usman voltou para o terceiro round controlando o ritmo da luta, enquanto Covington mostrava cautela. A situação do desafiante não era boa, uma vez que seus golpes não incomodavam o campeão e suas tentativas de queda eram infrutíferas. Nem mesmo a tentativa de dominar as costas do nigeriano no fim do round deu certo para o americano.

FonteUFC