Travessia de drenagem fecha meia pista da Avenidas Cônsul Assaf Trad

A partir desta terça-feira (7), o trânsito na Avenida Cônsul Assaf Trad será em meia pista, sentido centro/bairro, na altura do terminal Nova Bahia. Começa a escavação  para que seja implantada uma travessia da drenagem para escoamento das águas pluviais. A tubulação já foi colocada na pista centro/bairro que teve de ficar alguns dias interditada.

O projeto prevê a implantação de 67 metros de drenagem sob as duas pistas e o canteiro central da Cônsul Assaf Trad. As obras de drenagem foram projetadas para eliminar um ponto de alagamento na pista bairro/centro da Avenida Cônsul Assaf Trad, proximidades do Terminal Nova Bahia. Hoje a enxurrada que desce do Residencial Abaeté fica empoçada na pista centro/bairro da Assaf Trad. Por causa do canteiro central da avenida, a água da chuva acaba represada.

Esta tubulação que atravessará as duas pistas da avenida se conectará com a drenagem já existente e que capta a enxurrada que desce do Residencial Abaeté e bairros vizinhos. Com isto, as águas pluviais da margem direita da avenida (sentido centro/bairro) passarão sob avenida, escoando até a drenagem implantada em outra etapa do projeto (o Complexo Atlântico Sul), no Morada do Sossego, bairro na margem esquerda (sentido centro).

O projeto, orçado em R$ 3,9 milhões, prevê ainda a execução de 863 metros de pavimentação. Será feito um trecho de 555 metros de asfalto da via lateral (a terceira pista da avenida) a partir do corredor da Nova Lima até encontrar o trecho já asfaltado. Será feita uma alça de acesso de 200 metros à Cônsul Assaf Trad e mais 107 metros na Rua Coxim.

Também está previsto a execução de 2,1 km de recapeamento, abrangendo 1,5 km da pista bairro/centro da Cônsul Assaf Trad (que ano passado recebeu pavimento novo desde o início avenida, na rotatória com o macro anel) e mais 600 metros, distribuídos em pequenos trechos das ruas João Antonio Lunardi; Ermandina Silveira e Guanambi.