Situação de descaso em UPA causa indignação em Vereador Delegado Wellington

Foi um péssimo atendimento por parte da coordenadora do local. Se um coordenador de posto não tem tempo para atender um Vereador, que se identificou, como que é atendido quem está no local aguardando ser chamado? É preciso humanizar o atendimento ao público e se a pessoa não possui um pouco de paciência para atender um cidadão, independente de ser autoridade ou não, eu considero esse como um atendimento abaixo da média. O problema é a falta de respeito com a autoridade constituída, e principalmente com a população que vai até o local para receber atendimento”, diz o parlamentar.

A fala do Vereador Delegado Wellington (PSDB) foi realizada durante a sessão ordinária desta terça-feira (21). O repúdio apresentado pelo parlamentar ocorreu após o mesmo precisar levar pessoalmente uma mulher que havia se acidentado.

Chegando ao local procurou pela coordenação para solicitar atendimento para a mesma, já que a mesma estava como garupa em uma moto que invadiu a contramão e colidiu com o carro do parlamentar. Após o acidente, o mesmo levou a vítima até uma UPA (Unidade de Pronto Atendimento) que fica localizada no bairro Coronel Antonino.

“Quando chegamos ao local solicitei conversar com a coordenadora apenas para me certificar que estava tudo bem com a vítima e ela continuaria aguardando na fila de espera para ser atendida, como os demais que lá estavam. Porém ao entrar na sala na coordenação a funcionária responsável pelo local se limitou apenas a dizer, enquanto permanecia com os olhos fixos para a tela do computador, que não tinha tempo para me atender ou ouvir minha solicitação, pois o local estava cheio. Questionei se ela não poderia ao menos ouvir a situação e ela se negou alegando que o local estava cheio e tinha um número reduzido de funcionários”, lembra o Vereador.

Após algumas horas o Vereador entrou em contato com a vítima e a mesma o informou que estava bem.