26.8 C
Campo Grande
terça-feira, julho 23, 2024

Servidores do CadÚnico participam de ciclo de capacitação e atualizam informações para os usuários

Entrevistadores que atuam no Cadastro Único da Secretaria de Assistência Social (SAS) do município participam até quinta-feira (09), na faculdade Estácio de Sá, do segundo ciclo de capacitação dos entrevistadores do CadÚnico.

Cerca de 90 servidores responsáveis pelo atendimento das famílias nos 26 postos de atendimentos distribuídos nas sete regiões estão recebendo atualizações quanto à legislação referente aos programas sociais do Governo Federal e orientações sobre a rotina de trabalho da função.

Ano passado, 100 profissionais foram capacitados em oficinas periódicas.

Neste segundo ciclo, os servidores foram divididos pelas técnicas da equipe da Gerência de Gestão do Cadastro Único em três grupos e passam as manhãs recebendo informações e discutindo dúvidas mais comuns do dia a dia.

“O objetivo é que todos saibam as normativas legais que subsidiam o trabalho junto ao CadÚnico, além de padronizar o atendimento prestado à população”, pontuou a gerente do Cadastro Único, Viviane Brandão.

Vale ressaltar que o cadastramento das famílias no Cadastro Único, possibilita o acesso a diversos programas sociais, entre eles Bolsa Família, Tarifa Social de Energia Elétrica, Benefício de Prestação Continuada, entre outros.

“Nosso foco é a qualificação constante do atendimento à população que procura os Cras, Central do Cadastro Único e Centros de Convivência e que necessita acessar os programas sociais vinculados à Política de Assistência Social, dessa forma garantimos a exatidão das informações prestadas pelos usuários e inseridas no sistema pelos servidores, garantindo que as famílias realmente vulneráveis acessem os benefícios”, disse o superintendente de Proteção Social Básica, Artêmio Versoza.

Conteúdo

Durante a capacitação, os participantes trabalham ações voltadas ao preenchimento dos formulários de cadastramento, sistemas de informações e principalmente o alinhamento do trabalho. As equipes também vão até às unidades acompanhar o trabalho dos entrevistadores, esclarecer dúvidas e alinhar as ações.

Para o auxiliar administrativo e financeiro do Cras Moema, Kleber Antônio Almeida Anunciação, o ciclo de capacitação é uma oportunidade de reforçar as orientações e dar mais segurança aos servidores recém-aprovados no processo seletivo para o cargo.

“Eu não tinha muita noção como era o atendimento, não tinha uma ampla experiência, agora já tenho um conhecimento maior e pude esclarecer mais dúvidas. Isso nos deixa mais aptos para auxiliar a população”, frisou.

Em 2023, o Governo Federal realizou diversas mudanças no CadÚnico. Entre as principais, estão os novos documentos exigidos para as pessoas com cadastro unipessoal e a alteração automática de renda feita quando o Governo Federal considerar necessário após o cruzamento de dados, apesar de a renda ser autodeclaratória.

O Programa

Desde 2003, o Cadastro Único se tornou o principal instrumento para a seleção e a inclusão de famílias de baixa renda em programas federais, já que é uma ferramenta que retrata a situação socioeconômica da população, por isso é usado obrigatoriamente para a concessão dos benefícios do Programa Bolsa Família, da Tarifa Social de Energia Elétrica, do Programa Minha Casa Minha Vida, entre outros.

A execução do Cadastro Único é de responsabilidade compartilhada entre o governo federal, os estados, os municípios e o Distrito Federal.

Também pode ser utilizado para a seleção de beneficiários de programas ofertados pelos governos estaduais e municipais. Por isso, ele funciona como uma porta de entrada para as famílias acessarem diversas políticas públicas.

 

#pratodosverem A imagem de capa mostra a sala de aula com os servidores. A segunda foto também é da sala de aula.

FonteAgência Municipal de Campo Grande