Renovação da frota dos Bombeiros Militares permite intensificar combate a incêndios em MS

Campo Grande (MS) – A renovação da frota do Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso do Sul, feita pelo Governo do Estado nos últimos 30 meses, deu fôlego e estrutura para a Corporação intensificar o combate aos incêndios, principalmente agora que se inicia o período considerado crítico em relação aos focos de calor.

Desde 2015, foram adquiridas 37 viaturas Auto Bomba Tanque (ABT) – caminhões de combate a incêndios que transportam até sete mil litros de água; outros 15 veículos Auto Bomba Rápido (ABR) – caminhões de salvamento e para incêndios de pequeno porte; além de 30 caminhonetes para salvamento. No caso das viaturas ABT, a aquisição representou o dobro da frota existente até então.

Investimentos do Governo do Estado renovaram frota da Corporação. Foto. BM-5/Corpo de Bombeiros Militar de MS

“De uma só vez o Governo do Estado comprou mais viaturas tanque do que em toda a história da Corporação”, destacou o chefe do centro de proteção ambiental do Corpo de Bombeiros Militar de MS (CBMMS), tenente-coronel Waldemir Moreira Júnior.

Segundo ele, os investimentos estaduais são reconhecidamente por todo o efetivo da Corporação como um avanço jamais visto e irão permitir resultados ainda mais expressivos. A renovação da frota de todas as unidades de atendimento do Estado contou com 27 caminhonetes para deslocamento dos militares aos locais de difícil acesso.

“É impressionante o avanço que a gente teve e isso certamente terá influência no tempo resposta dos atendimentos”, afirmou o comandante. Ele lembrou que antes das aquisições a situação era crítica. Alguns quarteis usavam veículos tão ultrapassados que passavam a maior parte do tempo fora de operação.

“Dos quatro anos que passei no comando em Naviraí, dois e meio a S-10 ano 2007 esteve fora de serviço por problemas mecânicos”, lembrou. “A viatura de incêndio era ano 73. Nos incêndios tínhamos que pedir ajuda aos donos das fazendas. A situação do Bombeiro no interior era crítica”, completou.

Os investimentos no Corpo de Bombeiros Militar vêm sendo feitos pelo Governo do Estado desde 2015 e foram intensificados pelo MS Mais Seguro. Na quinta etapa do programa, a Corporação receberá ainda mais equipamentos – como uma nova escada mecânica de 60 metros, o dobro do tamanho da atual existente.

Comitê

No dia 26 de junho, foi reativado o Comitê Interinstitucional de Incêndios Florestais de MS, com o intuito de definir estratégias conjuntas entre o Governo do Estado e diversos órgãos e entidades para combate aos incêndios florestais no Estado. No primeiro momento, a ação do Comitê será voltada a ações efetivas de prevenção a incêndios na região do Pantanal.

Fonte: site do Governo de MS

Danúbia Burema – Subsecretaria de Comunicação (Subcom)