Puccinelli é absolvido de acusação de improbidade na Lama Asfáltica

A Justiça Federal livrou o ex-governador André Puccinelli da acusado de improbidade administrativa. A decisão foi publicada no dia 21, e é mais uma das ações oriundas da Operação Lama Asfáltica. No entanto, duas empresas e o empreiteiro João Amorim se tornaram réus na ação.

Os réus são acusados de irregularidades nos processos de licitação, contratação e execução de obras de saneamento na Avenida Lúdio Coelho, no ano de  2007. Na época, a empresa Proteco venceu a licitação em consórcio com a Moviterra Construções e Comércio Ltda, que depois se retirou. A empresa também virou réu nesta ação.

A reportagem tentou contato com o ex-governador que não atendeu as ligações.