PSG oferece contrato de três anos para Messi deixar o Barcelona, diz TV

O Paris Saint-Germain parece determinado a ser a nova casa de Lionel Messi, que deve deixar o Barcelona ao fim da atual temporada. De acordo com o jornalista Marcelo Bechler, da TNT Sports, o clube francês já apresentou ao argentino a oferta de um contrato de dois anos com mais um opcional.

No mês passado, o PSG já havia se organizado internamente para formalizar a proposta. Os cartolas do clube, que conta com o aporte do governo do Qatar, montaram um projeto e chegaram a separar o dinheiro que seria necessário para concretizar a contratação.

O clube francês acredita que essa proposta seria “inalcançável”, segundo a reportagem, e que o sucesso esportivo do time nas últimas temporadas — foi finalista da última Champions e está na semifinal da atual edição — atrairia o craque.

Por enquanto, Messi se dedica à reta final do Campeonato Espanhol, no qual o Barcelona depende apenas de si para conquistar o título. Por ora, não quer tomar uma decisão quanto ao seu futuro. Mas o jogador e o próprio Barça sabem até onde a corda pode ir.

A insatisfação de Messi com o clube em que passou toda a carreira já é conhecida e se tornou mais incômoda ao longo da última temporada, quando entrou definitivamente em rota de colisão com os cartolas e se viu em uma equipe que naufragava, como o 8 a 2 para o Bayern de Munique na Champions evidenciou.

Deixar o Barça na última janela de transferências, porém, tornou-se inviável diante da necessidade do pagamento de uma multa rescisória de 700 milhões de euros (cerca de R$ 4,6 bilhões). Agora que o contrato do argentino está próximo de perder a validade, bastará ao PSG arcar com os salários e eventuais bônus pela contratação.