Promessas dos políticos: prefeitos cumpriram 15% dos compromissos de campanha após 1 ano de mandato

Ampliar o ensino integral, retomar as obras paradas, reduzir os gastos públicos, construir moradias… Em um ano de mandato, os prefeitos das 26 capitais do país cumpriram 15% das promessas feitas durante a campanha eleitoral de 2020.

Levantamento feito pelo g1 mostra que 165 dos 1.091 compromissos assumidos pelos então candidatos, eleitos para um mandato de quatro anos, foram integralmente cumpridos.

A relação completa por capital está na página especial “As promessas dos políticos” (consulte aqui). No link, é possível ver todas as promessas feitas pelos prefeitos e o andamento de cada uma. Para selecionar as promessas em 2020, o g1 considerou o que pode ser claramente cobrado e medido.

Os dados mostram, ainda, que 18% das promessas foram cumpridas parcialmente durante um ano de gestão – o que significa que ainda há pendências para que o trabalho seja considerado entregue.

Já as promessas que ainda não foram cumpridas pelos governos das capitais são 66%. Oito compromissos ainda não puderam ser avaliados por falta de dados ou informações.

Trata-se de um acompanhamento ao longo da gestão. A avaliação final será feita ao término do mandato.

O monitoramento das promessas dos políticos é feito pelo g1 periodicamente desde 2015. O levantamento é feito por mais de 50 jornalistas de todo o Brasil, que seguem uma metodologia própria para separar e avaliar tudo que pode ser claramente cobrado e medido ao longo do mandato.

Status dos compromissos de campanha dos prefeitos das capitais após um ano de mandato — Foto: Elcio Horiuchi/g1

Status dos compromissos de campanha dos prefeitos das capitais após um ano de mandato — Foto: Elcio Horiuchi/g1