Programa Mais Social vai matar a fome de pelo menos 100 mil famílias em MS

Na manhã desta terça-feira, dia 30, o governador Reinaldo Azambuja encaminhou a Assembleia Legislativa, e defendeu por videoconferência, o projeto que cria o novo segurança alimentar. O programa Mais Social vai garantir dignidade e alimentação adequada e saudável a famílias de baixa renda.

Beneficiários do Programa Vale Renda, serão gradualmente migrados para O Mais Social, que ampliará não só o número de famílias atendidas, mas também o valor repassado a cada uma delas. A previsão do Governo do Estado é desembolsar R$ 182 milhões por ano.

A Secretária da Sedhast Elisa Cleia Nobre explicou que entre os critérios para a inclusão estão ser inserido no CAD – Cadastro Único e estar em situação de vulnerabilidade social.

Todos os deputados presentes na videoconferência foram a favor da votação do projeto em regime de urgência. E a expectativa é de nesta quarta-feira, dia 31, passando pela CCJ, primeira e segunda votação, o Mais Social possa então ser definitivamente sancionado pelo governador.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui