PROCON MUNICIPAL AUTUA CONVENIÊNCIAS COM PRODUTOS VENCIDOS EM CAMPO GRANDE

Em operação desde segunda-feira (7), o Procon Municipal visitou 15 estabelecimentos, na busca de averiguar produtos com a validade vencida ou qualquer ocorrência que venha a violar os direitos dos consumidores desta capital, tendo em vista que o consumo de alimentos vencidos pode ocasionar intoxicações e infecções causadas por bactérias. Desta forma estes produtos não devem ser consumidos, as bactérias podem causam dores abdominais, vômitos, calafrios, febre, diarreia e até levar à morte.

O Subsecretario Cleiton Thiago explica que objetivo da operação é conscientizar os consumidores sobre a importância de ficarem atentos aos rótulos das mercadorias. ““A operação tem o intuito de alentar a nossa população. Os  fornecedores ou comerciantes de alimentos devem criar estratégias para garantir a segurança de seus clientes, e também proteger o consumidor campo-grandense de qualquer problema de saúde que possa adquirir consumindo um produto vencido”, ressalta.

Dentre os produtos encontrados vencidos estão: leite, salgadinho, cerveja, pizza, lasanha, macarrão instantâneo, chocolate, refrigerante, água tônica, amendoim e carne. Os produtos que mais foram encontrados com a data de validade vencida foram cervejas totalizando 186 unidades, 37 energéticos, 28 unidades de refrigerante e 13 peças de carne bovina do corte Picanha, totalizando até agora 22 kg de alimentos e 123 litros de bebidas improprias para consumo.

Manter produtos com validade extrapolada, ou tal vencido, viola os art.4, art.6 art.16 e art.20 do CDC, e entre outros códigos em lei vigente.

FonteAgência Municipal de Campo Grande