Presidente do Afeganistão deixa o país; Talibã diz que tomou controle do palácio presidencial em Cabul

O presidente do Afeganistão, Ashraf Ghani, deixou o país neste domingo (15), horas depois de o grupo extremista Talibã cercar Cabul, a capital do país.

O Talibã diz que tomou controle do palácio presidencial em Cabul após fuga de presidente Ghani. O grupo extremista defendia uma rendição pacífica do governo.

A tomada de Cabul pelos talibãs ocorre 20 anos depois de o grupo extremista ser expulso da capital afegã pelos Estados Unidos, que invadiram o país dias após os ataques de 11 de setembro de 2001, e em meio à retirada dos militares norte-americanos do país (leia mais adiante na reportagem).

Veja a comparação entre Afeganistão e Brasil — Foto: Arte G1

Veja a comparação entre Afeganistão e Brasil — Foto: Arte G1