Prefeitura retoma construção de 13 Ceinfs parados desde 2012

A Prefeitura de Campo Grande retomou a construção de 13 Centros de Educação Infantil (Ceinfs), alguns com obras paradas há mais de cinco anos. O Ceinf do Jardim Tijuca já está em fase final de acabamento e deve ser inaugurado em breve.

Nos 13 Ceinfs estão sendo investidos aproximadamente R$ 17,8 milhões, sendo R$ 7,3 milhões do FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação) e R$ 10,5 5 milhões de  contrapartida do município, incluindo  os aditivos  e reajustamentos de cada um dos contratos.

As correções são necessárias porque orçamentos originais de 2012 estão defasados e como houve depredação, muitos serviços terão de ser refeitos e com aquisição de novos materiais como fiação e tomadas, que foram furtadas.

As 13 unidades retomadas vão oferecer mais de 1.600 vagas de educação infantil.  Os secretários municipais de Educação, Ilza Mateu e de Infraestrutura e Serviços Públicos, Rudi Fioresi, visitaram todas as construções para verificar in loco a fase inicial dos serviços.

Em alguns locais, como o Ceinf do Conjunto Radialista (com apenas 24% da obra executada), o trabalho começou pela limpeza dos pátios, onde a vegetação cresceu por causa da longa interrupção do  serviço. Na unidade do Jardim Centenário, que tem 85% da obra pronta, os pintores trabalham na aplicação da massa corrida em algumas salas.

Além do Tijuca, estão com ordem para retomada de serviço os Ceinfs do Jardim Noroeste; Centenário; Vila Popular; Zé Pereira; Inápolis; Vespasiano Martins; Oliveira 3;  São Conrado; Nascente do Segredo; Jardim  Talismã; Anache e Radialista. IMG-20170512-WA0067

Para garantir celeridade e acompanhar a evolução das obras, a secretária de Educação, Ilza Mateus, montou uma comissão de técnicos de diversas áreas da Semed, abrangendo desde o setor de recursos humanos até o de compras e licitações, que estão trabalhando para suprir todas as necessidades dos Ceinfs com mais de 85% de obra executada. A comissão tem realizado reuniões periódicas para discutir desde lotação de servidores até a compra de mobiliários.

Novas licitações

Haverá ainda nova licitação para a conclusão de outras cinco unidades: Ceinfs da Vila Nasser (a empreiteira faliu) e das unidades  da Moreninha II, Jardim Colorado, Nashiville e Serraville, porque a empresa conseguiu rescindir o contrato na Justiça.