Prefeitura capacita mais de 310 Profissionais para atuar na área da Saúde com limpeza e conservação

Diante da pandemia do Covid-19 que atingiu o mundo e mudou totalmente a rotina de todos , a Prefeitura de Campo Grande por meio da Escola de Qualificação da Funsat (Fundação Social do Trabalho) capacitou neste último fim de semana de Março, cerca de  310 pessoas que terão início imediato para ao trabalho na área da saúde. Foram dois dias de treinamento e orientações sobre medidas e segurança no trabalho.

A capacitação aconteceu no estacionamento da Sesau (Secretaria Municipal da Saúde), os profissionais irão trabalhar na área de limpeza e conservação dos seguintes locais; UPAs, CRS, CAPs, UBS, UBSF, casas de acolhimentos da Sesau, policlínicas , CEM , laboratórios, Samu, vigilância ambiental entre outros órgão do município de Campo Grande.

O diretor-presidente da Funsat, Cleiton Franco, explicou como aconteceu o treinamento e todo o processo, “Para a capacitação e orientações sobre medidas adotadas na segurado trabalho, os trabalhadores foram divididos em pequenos grupos para treinamento, seguimos todas as prevenções adotadas para proteção dos profissionais, o processo foi em parceria com a empresa que selecionou os profissionais para atuarem na limpeza e higienização médica”.

A trabalhadora Fabiana Alves da Silva, mãe  de dois filhos , agradeceu e pontuou a preocupação e o acolhimento da empresa e da gestão municipal.

“ Eu estava desempregada e agora em meio essa pandemia graças à prefeitura voltarei a trabalhar e ainda recebi qualificação da Funsat, a empresa tem uma equipe que nos recebeu muito bem, os materiais  de limpeza são todos de primeira linha, os equipamentos para trabalharmos são todos de última geração eu estou admirada, pois trabalhei em outras empresas e nunca vi esses equipamentos e material tão moderno e o melhor a preocupação com os funcionários, obrigada a todos pela oportunidade agora estou empregada e capacitada e trabalhando em uma empresa que se preocupa com o funcionário”.

Já  a trabalhadora Alessandra Camilo de 37 anos moradora da Vila Sobrinho, mãe de duas filhas disse que a oportunidade chegou no momento que precisavam. “ Estou muito feliz por começar a trabalhar e pelo acolhimento das equipes, recebemos orientações importantes para o desempenho do serviço, fazia muito tempo que eu não tinha um curso de qualificação, só tenho a agradecer pela oportunidade”.

A Funsat (Fundação Social do Trabalho) está atendendo por meio das Plataformas digitais disponíveis para os trabalhadores. Mais informações podem ser obtidas através do site http://www.campogrande.ms.gov.br/cgnoticias/noticias/funsat-suspende-atendimento-e-orienta-trabalhadores-usarem-plataformas-digitais/