PREFEITURA AMPLIA PRAZO PARA ONGS E PROTETORES INDEPENDENTES SE CADASTRAREM NA PROTEÇÃO ANIMAL

Organizações não governamentais e protetores independentes que querem se cadastrar no edital da proteção animal terão um prazo maior para fechar o processo. A Prefeitura ampliou a data limite para 24 de setembro, proporcionando um tempo maior para que possam realizar o levantamento das informações.

O objetivo do edital é realizar a coleta de informações e dados para estimar a quantidade de organizações não governamentais (ONGs), voluntários que atuam como protetores independentes no segmento da proteção animal em Campo Grande para realização do censo dos animais (cães e gatos) destas entidades e voluntários.

O detalhamento das informações servirá para mensurar a população de animais sob a guarda de organizações e de protetores independentes que poderão ser atendidos pela Subsecretaria do Bem-Estar Animal com possibilidade de recebimento de verbas públicas e subsidiar em números concretos o Município de Campo Grande.

A Subsecretaria do Bem-Estar Animal, abriu o cadastro no dia 06 de agosto e segue até o dia 24 de setembro, a convocação pública coletará dados e informações que servirão de base para a realização de estudos técnicos. A pesquisa vai mensurar a população de animais sob a guarda de organizações e de protetores independentes que poderão ser atendidos pelos projetos e programas com possibilidade de recebimento de verbas públicas.

O estudo irá ainda coletar informações e dados para estimar a quantidade de organizações da sociedade civil (OSCs), voluntários que atuam como protetores independentes no segmento da proteção animal em Campo Grande para realização do censo dos animais (cães e gatos) destas entidades e voluntários.

Segundo a subsecretária do Bem-Estar Animal, Ana Cristina Camargo de Castro, o cadastramento das OSCs e protetores independentes servirá para efetivar e consolidar as políticas públicas para o segmento da causa animal, subsidiando o planejamento e a construção de ações em prol do bem-estar animal.

Os formulários deverão ser preenchidos com a listagem dos animais acolhidos e mantidos na organização da sociedade civil ou pelo protetor independente, indicando as informações solicitadas nos anexos. Além disso, a Subea realizará todo o atendimento de OSCs e de Protetores Independentes que necessitarem de auxílio para o preenchimento dos anexos

Informações referentes aos custos, identificação das atividades realizadas, coleta de informações individuais sobre animais acolhidos e microchipados também estarão dentro do cadastramento.

Para execução deste Edital, as ações e visitas de vigilância do bem-estar animal serão realizadas no prazo de até 90 (noventa) dias, a partir da entrega dos documentos com as informações, podendo ser prorrogado. As dúvidas e solicitações poderão ser encaminhadas para o e-mail: atendimento.subea@segov.campogrande.ms.gov.br e serão respondidas no prazo de até 72 horas ou poderão ser apresentadas presencialmente, observadas as condições impostas pelas medidas de combate a Covid-19.

Este Edital e seus anexos estão disponíveis no Diogrande de 04/08/2021 de nº 6.375 e no sítio eletrônico www.campogrande.ms.gov.br/subea/downloads/. Os agendamentos devem ser feitos através do telefone 2020-1397 ou na Subsecretaria do Bem-Estar animal, que fica localizada no Paço Municipal na Av. Afonso Pena, 3297, térreo. O horário de atendimento é das 07h30 às 11h e 13h às 17h30.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui