PREFEITURA ABRE CADASTRO PARA VACINAÇÃO CONTRA A COVID-19 DE ADOLESCENTES DE 12 A 17 ANOS SEM COMORBIDADES

A Prefeitura Municipal de Campo Grande abriu nesta sexta-feira, dia 13 de agosto, o cadastro de identificação prévia para a vacinação contra Covid-19 adolescentes entre 12 e 17 sem comorbidades. O calendário para atendimento deste público ainda deverá ser definido.

Inicialmente devem ser imunizados somente os adolescentes de 17 anos, conforme deliberado em reunião da Comissão Intergestores Bipartite (CIB) ocorrida nesta tarde.  A resolução com as diretrizes a serem seguidas ainda deverá ser publicada.

A expectativa é de que a vacinação se estenda às demais idades com o andamento da imunização. Para a vacinação dos adolescentes devem ser destinadas 50% das doses de Pfizer recebidas no último lote enviado pelo Ministério da Saúde.

O uso do imunizante em adolescentes de 12 a 17 anos está aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) desde o dia 17 de junho. Campo Grande abriu em julho a vacinação para adolescentes com comorbidades. Até o momento, já foram vacinados  2.287 adolescentes nesta condição e faixa etária.

Como se cadastrar? 

O acesso é feito pelo endereço web vacina.campogrande.ms.gov.br, através de qualquer dispositivo que esteja conectado à internet. É necessário escolher o menu “primeiro acesso” e, posteriormente, selecionar o perfil “Idade entre 12 e 17 anos sem comorbidades” e clicar em continuar. É necessário preencher os dados pessoais do adolescente e também do adulto responsável.

Agilidade

O cadastro feito previamente facilita na identificação dos pacientes e dá mais celeridade no processo de vacinação, além de auxiliar na tomada de decisões por parte da gestão, uma vez que, através do sistema, é possível realizar um censo e definir quantas doses serão necessárias para imunizar um determinado público específico. 

Atualmente, o sistema de cadastro está aberto para mais de 30 públicos distintos, divididos em idade, categoria profissional, etnias e grupos especiais. A inserção de novos públicos para cadastramento é feita na medida em que há definição de envio de novas doses e as etapas de vacinação sejam executadas.