Polícia aguarda alta médica de cinco baleados após show de Maiara e Maraisa em Angra para ouvi-los sobre caso

A Polícia Civil aguarda a alta médica dos cinco baleados na madrugada da última sexta-feira, dia 7, após o show da dupla Maiara e Maraisa em Angra dos Reis, na Costa Verde do Rio, para ouvi-los e esclarecer o que ocorreu durante o episódio. Algumas testemunhas já foram ouvidas, mas a dinâmica do que aconteceu ainda não está clara. Para isso, o delegado João Bicudo informou que espera a recuperação das vítimas.

Todos os feridos estão internados, quatro deles passaram por cirurgia, enquanto dois se encontram em estado mais delicado. No entanto, ninguém corre risco de vida. Os feridos foram levados para o Hospital Minucipal da Japuiba, na cidade, e unidades particulares.

As vítimas foram identificadas como Andressa de Vitória Júlio, de 21 anos, Diogo Ricarte Dias, de 20, Kauan Silva Martins, de 18, Larissa Santos de Oliveira, de 23, e Gabrielli Barros de Mello, de 20.

De acordo com informações preliminares da Polícia Civil, um homem, cuja identidade ainda não foi revelada, sacou uma arma no local onde ocorrera as apresentação da dupla sertaneja e atirou depois de uma confusão entre traficantes de facções criminosas rivais. Ainda não se sabe, porém, se algum dos feridos era alvo dos disparos ou se todos foram feridos por acidente. O show, em comemoração ao aniversário de Angra, aconteceu na praia do Anil, no Centro da cidade. Os disparos de arma de fogo aconteceram cerca de 2 horas após o fim da apresentação.

 

Show de Maiara e Maraísa em Angra; homem abriu fogo após a apresentação e deixou cinco feridos
Show de Maiara e Maraísa em Angra; homem abriu fogo após a apresentação e deixou cinco feridos Foto: Reprodução/Instagram

 

— As informações são de que esses dois grupos se encontraram, não sabemos se foi algo programado ou que ocorreu ocasionalmente, e um homem começou a atirar. Ainda precisamos ouvir as vítimas e outras testemunhas. A investigação está apenas no início — afirmou o delegado João Bicudo ao EXTRA.

Em um vídeo que circula nas redes sociais, um homem aparece caído. “Mataram aqui do nosso lado!”, diz uma voz masculina. Segundo Bicudo, além dos tiros disparados, houve várias confusões ainda durante o show. Vídeos que circulam na internet mostram os problemas durante a apresentação. Em um deles, há uma briga generalizada. Ao fundo, um locutor ignora a confusão e exalta a festa. “Angra 523 anos. Quem gostou do show da Maiara e Maraísa levanta a mão”. Em outra gravação, é possível ouvir tiros ao fundo.

No Instagram, a dupla sertaneja postou nesta sexta-feira sobre o show, aparentemente sem tomar conhecimento dos incidentes:

“Em plena quinta-feira, dia chuvoso, chegamos em Angra e nos deparamos com esse público gigantesco, alegre, debaixo dessa chuva abençoada que veio para lavar a alma e trazer um ano abençoado pra vcs… Que aniversário mais lindo, Angra dos Reis, que energia incrível!! Tô até agora sem conseguir dormir de tanta energia que recebi de vcs… Em êxtase até agora com todo esse carinho. Amo vocês! Até a próxima.