Poirier diz: tenho 25 minutos para ser campeão em cima de Do Bronx:

O respeito deve ser a tônica da promoção da luta entre Charles do Bronx e Dustin Poirier, pelo título peso-leve (até 70kg) do UFC. O americano, que deve desafiar o brasileiro campeão no dia 11 de dezembro, no UFC 269, mostrou que não entrou na onda de muitos fãs que o consideram o dono do cinturão – na verdade, os fãs americanos. Poirier deu o devido crédito ao lutador paulista, que conquistou o título ao nocautear Michael Chandler em maio.

– Não sou o campeão. É legal e divertido ser visto assim, mas não sou. Charles é o campeão. Estou tentando ser e tenho uma oportunidade. Terei 25 minutos para fazer isso acontecer, então só cabe a mim. Charles teve um caminho difícil, assim como eu. Ele se esforçou, sangrou e abriu caminho para ser campeão. Ele é um campeão, sem dúvida – disse Poirier, em premiação do Hall da Fama, em Las Vegas, nesta semana, quando foi homenageado por seu trabalho à frente da “Good Fight Foundation”.

Dustin Poirier foi homenageado no Hall da Fama por seu trabalho comunitário na Louisiana — Foto: Evelyn Rodrigues

Dustin Poirier foi homenageado no Hall da Fama por seu trabalho comunitário na Louisiana — Foto: Evelyn Rodrigues

Ainda sobre Charles do Bronx, Dustin Poirier lembrou que o brasileiro mostrou que é um verdadeiro campeão na apresentação contra Chandler, quando passou por um momento difícil no primeiro round, resistiu, e voltou para nocautear o rival no segundo round. Ele destacou a mentalidade de Do Bronx, que fez uma longa carreira até chegar ao título.