Plenário aprova proposta de Amarildo Cruz e concede o Título de Cidadão Sul-mato-grossense a Cabo Almi

Plenário aprova proposta de Amarildo Cruz e concede o Título de Cidadão Sul-mato-grossense a Cabo Almi

Ex-deputado morreu em maio deste ano, vítima da Covid-19

O plenário da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul aprovou, em sessão desta quarta-feira, proposta do deputado Amarildo Cruz, que concede o Título de Cidadão Sul-mato-grossense a José Almi Pereira Moura, o ex-deputado estadual Cabo Almi (in memorian).

Nascido no município de Jardim Olinda (PR) filho de lavrador e de uma dona de casa, veio para Campo Grande em 1982.

Na cidade, trabalhou como cobrador de ônibus, empacotador, promotor de vendas, formou-se torneiro mecânico e ingressou na Polícia Militar como soldado.

Em 1987 casou-se com Irene Carolina de Oliveira, com quem teve três filhos: Flávio, Fabrícia e Monique. No ano seguinte, foi aprovado no concurso de cabo da PM.

Em 1996 foi eleito vereador por Campo Grande, sendo reeleito por mais três mandatos.

No ano de 2011, assumiu a vaga de deputado estadual na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, onde foi autor de inúmeras leis.

Sempre atuando em favor dos menos favorecidos por meio da defesa social, ele também foi a voz da segurança pública na Casa.

Estava no terceiro mandato, quando morreu prematuramente após não resistir à Covid-19. “Tive a incumbência de assumir seu lugar na Assembleia Legislativa e hoje conduzo nosso mandato”, afirma o deputado Amarildo Cruz.

Para o parlamentar, Almi lembra dias de muita luta. “Apesar da tristeza pela perda, sua imagem faz lembrar que nosso legado vive além de nós. Que as pessoas que ajudamos, nossa trajetória e aquilo de bom que construímos viva para sempre”.