Pesquisa Ibope em Campo Grande: Marquinhos Trad, 48%; Promotor Harfouche, 10%

Pedro Kemp e Vinícius Siqueira têm 5%; Delegada Sidnéia Tobias, 4%; João Henrique, Marcelo Miglioli, Cris Duarte, Esacheu Nascimento e Marcio Fernandes, 2%; Dagoberto, Guto Scarpanti, Marcelo Bluma e Paulo Matos, 1%; Thiago Assad, 0%. Levantamento foi feito entre os dias 9 e 11 de novembro

OS 15 candidatos que disputam a prefeitura de Campo Grande em 2020 — Foto: Assessorias/Divulgação

Pesquisa Ibope divulgada pela TV Morena nesta quarta-feira (11) aponta os seguintes percentuais de intenção de voto para a Prefeitura de Campo Grande nas Eleições 2020:

  • Marquinhos Trad (PSD): 48%
  • Promotor Harfouche (Avante): 10%
  • Pedro Kemp (PT): 5%
  • Vinicius Siqueira (PSL): 5%
  • Delegada Sidnéia Tobias (Podemos): 4%
  • João Henrique (PL): 2%
  • Marcelo Miglioli (Solidariedade): 2%
  • Cris Duarte (PSOL): 2%
  • Esacheu Nascimento (PP): 2%
  • Marcio Fernandes (MDB): 2%
  • Dagoberto (PDT): 1%
  • Guto Scarpanti (Novo): 1%
  • Marcelo Bluma (PV): 1%
  • Paulo Matos (PSC): 1%
  • Thiago Assad (PCO):0%
  • Branco/Nulo: 9%
  • Não sabe/Não respondeu: 5%

Evolução

Em relação aos levantamentos anteriores do Ibope, de 16 e 30 de outubro:

  • Marquinhos Trad (PSD) tinha 41%, foi para 46% e depois para 48%
  • Promotor Harfouche (Avante) tinha 11%, se manteve com 11% e depois para 10%
  • Pedro Kemp (PT) tinha 6%, foi para 8% e depois para 5%
  • Vinicius Siqueira (PSL) tinha 3%, foi para 7% e depois para 5%
  • Delegada Sidnéia Tobias (Podemos) se manteve com 4%
  • João Henrique (PL) tinha 2%, foi para 1% e depois para 2%
  • Marcelo Miglioli (Solidariedade) tinha 1%, se manteve com 1% e depois para 2%
  • Cris Duarte (PSOL) tinha 0 %, foi para 1% e depois para 2%
  • Esacheu Nascimento (PP) se manteve com 2%
  • Marcio Fernandes (MDB) tinha 1%, foi para 2% e se manteve 2%
  • Dagoberto (PDT) tinha 3%, foi para 1% e depois se manteve com 1%
  • Guto Scarpanti (Novo) tinha 0%, foi para 1% e depois se manteve 1%
  • Marcelo Bluma (PV) tinha 2%, foi para 1% e depois se manteve 1%
  • Paulo Matos (PSC) tinha 0%, foi para 1% e depois se manteve 1%
  • Thiago Assad (PCO) se manteve com 0%
  • Branco/Nulo: era 13%, foi para 9% e depois se manteve em 9%
  • Não sabe/Não respondeu: era 9%, foi para 5% e depois se manteve em 5%

Votos válidos

O percentual de votos válidos de cada candidato corresponde à proporção de votos do candidato sobre o total de votos, excluídos os votos brancos, nulos e indecisos.

Um candidato é eleito no 1º turno se obtiver 50% mais um dos votos válidos na apuração oficial.

  • Marquinhos Trad (PSD): 56%
  • Promotor Harfouche (Avante): 11%
  • Pedro Kemp (PT): 6%
  • Vinicius Siqueira (PSL): 5%
  • Delegada Sidnéia Tobias (Podemos): 4%
  • João Henrique (PL): 3%
  • Marcelo Miglioli (Solidariedade): 2%
  • Cris Duarte (PSOL): 2%
  • Esacheu Nascimento (PP): 2%
  • Marcio Fernandes (MDB): 2%
  • Dagoberto (PDT): 2%
  • Guto Scarpanti (Novo): 2%
  • Marcelo Bluma (PV): 1%
  • Paulo Matos (PSC): 1%
  • Thiago Assad (PCO): 0%

Sobre a pesquisa

  • Margem de erro: 4 pontos percentuais para mais ou para menos
  • Quem foi ouvido: 602 eleitores da cidade de Campo Grande
  • Quando a pesquisa foi feita: de 9 a 11 de novembro
  • A pesquisa foi encomendada pela TV Morena
  • Número de identificação na Justiça Eleitoral: MS-02582/2020

O nível de confiança utilizado é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral, considerando a margem de erro.