Paulo Duarte solicita reforços e plano de contingência para combater incêndios no Pantanal

Diante das condições climáticas desfavoráveis na região pantaneira, o deputado estadual Paulo Duarte (PSB) apresentou na manhã desta terça-feira (4), durante sessão ordinária da Assembleia Legislativa, indicação solicitando ao Governo do Estado, secretaria e órgãos responsáveis a disponibilização, em caráter emergencial, de veículos, aeronaves e equipes do Corpo de Bombeiros para o combate dos incêndios florestais que assolam o Pantanal. Além disso, o parlamentar também solicitou a elaboração de ações e plano de contingência para o período de seca extrema que se inicia no município de Corumbá.

Preocupado com a situação que pode se tornar ainda mais grave, Paulo Duarte esteve na tarde dessa segunda-feira (3) em reunião com o Chefe da Casa Civil do Governo do Estado, secretário Eduardo Rocha para falar sobre a situação grave dos incêndios florestais, em Corumbá. O assunto também foi tratado com o Comandante Geral do Corpo de Bombeiros de Mato Grosso do Sul, coronel Frederico Reis Pouso Salas. Durante o encontro com o chefe da Casa Civil, o deputado foi informado que nesta terça-feira (4), o governo estadual irá enviar um helicóptero para ajudar no combate ao fogo que já se alastra pela região do Canal do Tamengo desde o primeiro dia de junho.

De acordo com registros, além do Canal do Tamengo, a localidade do Paraguai Mirim também está sendo consumida pelas chamas desde o início do feriado de Corpus Christi. Com essas duas ocorrências de queimadas no Pantanal, a área urbana de Corumbá sofre com a fumaça. O incêndio se intensifica com o tempo seco e ventos fortes. “Estive em Corumbá, durante o feriado e final de semana. A situação é grave e precisamos estar atentos aos alertas frequentes que estão sendo feitos e mostram que este ano a região pantaneira sofrerá com uma seca histórica. Não podemos deixar que 2020 se repita. O Governo do Estado está fornecendo recursos, mas cabe à população contribuir para a preservação do Pantanal”, conclui o deputado Paulo Duarte.

FonteAssembleia Legislativa

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui