Parceria com empresa garante materiais para o projeto Comunidade Esportiva na Escola

O projeto esportivo da Secretaria Municipal de Educação (Semed), “Comunidade Esportiva na Escola”, recebeu ontem (06), no gabinete do prefeito Marquinhos Trad, doação de vários materiais de uso esportivo do empresário Amauri Oliveira, da Clínica Prognóstica. Os objetos serão utilizados por alunos de sete escolas da Rede Municipal de Ensino (Reme).

O projeto, que é coordenado pela Divisão de Esporte, Arte e Cultura (DEAC), tem como objetivo propor um modelo de instituição que incentive a participação da comunidade e que estabelece um novo enfoque escolar. Esse enfoque prevê que  o ensino seja ministrado com base no princípio de gestão democrática de acordo com o Plano Municipal de Educação. A intenção do Comunidade Esportiva na Escola é ser um instrumento de comprometimento com a democratização dos espaços escolares e também promover atividades complementares às ações educacionais aos finais de semana, abrindo as escolas para a comunidade.

Bolas e jogos

O empresário doou para a Reme bolas de basquete, vôlei, futebol, jogos de tabuleiro, como xadrez e dama, petecas, raquetes e outros brinquedos recreativos.

O prefeito Marquinhos Trad destacou a relevância da participação da sociedade nestas ações que buscam contribuir com a educação e com a comunidade.

A secretária Municipal de Educação, Elza Fernandes argumenta que as doações contribuem para a área pedagógica e para a socialização e integração da comunidade escolar. “O esporte em todas as modalidades contribui para o desenvolvimento na aprendizagem, na saúde física e mental”, completou.

Para o empresário Amauri o importante é que os materiais irão contribuir com a educação. “O esporte é socialização. Juntos,  poder público e iniciativa privada podem somar esforços que vão contribuir em diversas áreas, entre elas a da educação”, comentou Oliveira.

Finais de semana

O projeto propõe a utilização de espaços ociosos das escolas para atividades alternativas visando a melhoria na qualidade da educação, contribuindo para a construção da cultura e da paz, reduzindo o índice de violência e fortalecendo a autoestima.

Ao todo serão oito escolas contempladas com o projeto, sendo elas: E.M Padre Thomaz Ghirardelli, E.M. Fauze Escaff Gattas Filho, E.M. Dr. Eduardo Olímpio Machado, E.M. Senador Rachid Saldanha Derzi, E.M. Nazira Anache, E.M. Prof. Oneida Ramos e E.M. Antônio Lopes Lins e E.M. Vanderlei Rosa de Oliveira.