‘Oportunista fracassado’ e ‘infeliz’: entenda a troca de ofensas entre bolsonaristas Allan dos Santos e Sérgio Camargo

O domingo trouxe mais um episódio da briga via redes sociais entre apoiadores do presidente Jair Bolsonaro, protagonizada desta vez pelo blogueiro Allan dos Santos e pelo presidente da Fundação Palmares, Sérgio Camargo, tendo como pano de fundo as críticas recentes feitas pelo astrólogo Olavo de Carvalho ao governo.

Após Camargo ter ironizado o descontentamento de Olavo com Bolsonaro, Allan dos Santos, que é alvo de mandado de prisão no Brasil e teve contas bloqueadas pelo Twitter, se manifestou em seu canal no Telegram em defesa do astrólogo. O blogueiro bolsonarista classificou a mensagem de Camargo de “idiotice”, e atacou o presidente da Fundação Palmares:

“O Brasil pariu uma horda de analfabetos que se não estivessem na política, não seriam capazes de ensinar uma única e mísera coisa sequer. Vivem do salário que recebem do Estado e assim que dele sair não serão capazes de organizar um grêmio estudantil. Esse Sérgio Camargo é um deles. A idiotice que falou sobre o Prof. Olavo de Carvalho é a prova de que se não fosse o carguinho dele, ninguém nunca saberia quem é esse infeliz”, escreveu Allan dos Santos.

Em resposta, no seu perfil no Twitter, Camargo reproduziu a mensagem de Santos e chamou o blogueiro de “oportunista fracassado”. O presidente da Fundação Palmares afirmou ainda que o discurso de Santos seria um sinal de “inveja e interesse contrariado”, e voltou a minimizar o impacto de Olavo no ideário bolsonarista.

Na última quarta-feira, depois de Olavo afirmar que se sentiu usado por Bolsonaro “para se promover e se eleger”, Camargo havia feito uma publicação, também no Twitter, recebida como uma indireta ao astrólogo.

Na mensagem, Camargo disse que Bolsonaro “nunca precisou e jamais precisará de um ‘professor'”,empregando entre aspas o termo que costuma ser usado por apoiadores de Olavo quando se referem ao astrólogo.

Em resposta, no sábado, Olavo chamou a mensagem de Camargo de “a coisa mais cretina que algum bolsonarista já escreveu”.

 

 

FonteSonar