O que Comemorar diante desse Governo???

A Polícia Federal cumpre na tarde desta segunda-feira diligências determinadas pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes contra alvos suspeitos de financiarem atos antidemocráticos na manifestação do 7 de setembro. Dentre elas, a PF realiza busca e apreensão na sede da Associação dos Produtores de Soja do Estado de Mato Grosso (Aprosoja-MT), em Cuiabá, que também foi alvo de bloqueio de contas bancárias determinado pelo ministro Alexandre de Moraes. As diligências foram solicitadas pela Procuradoria-Geral da República (PGR).

Outro alvo de busca e apreensão é o prefeito de Cerro Grande do Sul (RS) Gilmar Alba (PSL), flagrado recentemente com R$ 505 mil em espécie no aeroporto de Congonhas, em São Paulo. A PF cumpre buscas em sua residência e na sede da prefeitura, sob suspeita de que os valores apreendidos seriam usados para financiar os atos antidemocráticos.

A investigação, aberta a pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR), também apura suspeitas de que a Aprosoja estaria financiando a realização de atos violentos no dia 7, com o objetivo de pressionar o Senado a realizar o impeachment de ministros do STF.