“Não vamos ficar para trás na vacina”, afirma Carlão sobre autorização para compra

O presidente da Câmara Municipal vereador Carlão Borges (PSB) garantiu que Campo Grande não “ficará para trás” na compra da vacina contra a covid-19. Esse foi o motivo para a sessão extraordinária desta quarta-feira (13) para já deixar autorizado o remanejamento de recursos.

“Não teremos nem emenda para que a comissão seja criada mais para fiscalizar e acompanhar. Terá em especial a participação dos médicos vereadores, será com a Sesau, órgãos de controle e fiscalizar. Fazer o papel da câmara que é fiscalizar o que está sendo feito e deixar claro para a população o que está sendo feito”, explicou Carlão.

Ele explicou que o secretário de saúde José Mauro quem procurou a Câmara para organizarem a compra das doses de vacina. “Brasília está dando chá de banco, temos que estar atentos para a ação que vai acontecer e não podemos ficar para trás. O projeto é para já autorizar os gastos emergenciais, porque muitas coisas não podem ser compradas por decreto e isso vai acelerar o processo. Ele fará se quiser, o projeto não tem mas o valor de vinte milhões conforme o prefeito Marquinhos Trad já falou”, apontou, explicando ainda que será feita uma comissão especial da casa pra acompanhar os gastos.

“A câmara hoje tem 5 vereadores médicos e eles vão participar”, lembrou. Ainda de acordo com Carlão será solicitada a participação de dois vereadores na comissão da Prefeitura Municipal para acompanhar as ações de combate ao novo coronavírus.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui