Ministro do Japão fala sobre as Olimpíadas de Tóquio e revela incerteza: “Tudo pode acontecer”

O Ministro do Japão Taro Kono colocou em dúvida a realização das Olimpíadas de Tóquio neste ano e disse: “Tudo pode acontecer”. A afirmação do político vai contra o posicionamento oficial do governo japonês, que garantiu a realização dos Jogos a partir do dia 23 de julho. Taro Kono ressaltou, ainda, os resultados da pesquisa que mostra que cerca de 80% dos japoneses não querem que as Olimpíadas aconteçam na data determinada.

– Nós precisamos pensar nas pessoas que virão assistir, mas devemos focar nos atletas primeiro. Depois, se for possível, deixamos os turistas entrarem. A partir de agora até o verão, tudo é possível – afirmou o Ministro Taro Kono.

Em nota, os organizadores das Olimpíadas de Tóquio disseram, sem citar os comentários de Kono, que o Primeiro Ministro Yoshihide Suga está determinado a manter os Jogos.

– A situação da Covid-19 está mudando a todo momento. Nós esperamos que medidas que estão sendo implementadas pelo governo do Japão e de Tóquio, entre outras autoridades, façam com que a situação melhore – diz a nota dos organizadores dos Jogos.

Thomas Bach, presidente do Comitê Olímpico Internacional, e Yoshiro Mori, presidente do Comitê Organizador, afirmaram que as Olimpíadas não poderão ser adiadas novamente. Caso não seja possível realizar os Jogos na data prevista, eles serão cancelados.