Michael Jordan vai doar mais de R$ 50 milhões para construção de clínicas médicas nos EUA

Michael Jordan vai doar US$ 10 milhões (cerca de R$ 54 milhões) para a construção de duas clínicas médicas em sua cidade natal, Wilmington, na Carolina do Norte. Considerado o maior jogador de basquete de todos os tempos, o astro quer atender a pessoas sem plano de saúde em comunidades carentes da região. As clínicas devem ficar prontas no início de 2022.

Michael Jordan — Foto: AFP

Michael Jordan — Foto: AFP

– Estou muito orgulhoso de mais uma vez fazer parceria com a Novant Health para expandir o modelo da Clínica da Família para trazer melhor acesso a serviços médicos críticos em minha cidade natal. Todos devem ter acesso a cuidados de saúde de qualidade, independentemente de onde vivam ou tenham ou não seguro. Wilmington ocupa um lugar especial em meu coração e é verdadeiramente gratificante poder retribuir à comunidade que me apoiou durante toda a minha vida – disse Jordan, de 57 anos.

Jordan, que cresceu e cursou o ensino médio em Wilmington, já havia doado US$ 7 milhões (cerca de R$ 37,5 milhões) para montar clínicas familiares em Charlotte para apoiar comunidades vulneráveis.

Em junho, Jordan havia prometido US $ 100 milhões (R$ 540 milhões) ao longo da próxima década para organizações dedicadas a garantir a igualdade racial.